Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PINTURAS DA LIBETE: NOME COMPLETO: ELISABETH MARIA GIACOMINI - PIRACICABA, SP - 21/06/2018 - MUNDO DE CORES E SENSIBILIDADE GRÁCIL - PONTOS DE VISTA SOBRE A PINTURA E A ARTE DE LIBETE EM J B PEREIRA

"Meus sentimentos são como minha impressão digital, como a cor dos meus olhos e o tom de minha voz: únicos e irrepetíveis. Para você me conhecer é preciso que conheça meus sentimentos. Minhas emoções são a chave para a minha pessoa. Quando lhe dou essa chave, você pode entrar e compartilhar comigo o que tenho de mais precioso para lhe oferecer: eu mesmo." http://umaesposaexpatriada.blogspot.com/2010/05/meus-sentimentos-sao-como-por-john.html __John Powell

_________

LIBETE - NOME COMPLETO: ELISABETH MARIA GIACOMINI - PIRACICABA, SP: MUNDO DE CORES E SENSIBILIDADE GRÁCIL

J B PEREIRA

O olhar e o coração de Libete é bondade e respeito por todos.
Sua dedicada obra e arte vem ao encontro dos valores da vida e dos seres humanos à luz de cores e formas únicos. Sua criatividade pode ser expressa no pensamento de John Powel (acima), que ela escolheu e escreveu na lousa verde do pátio da escola: sensibilidade, contagia pela emoção singles e sem arroubos exageros, simples ela é!
Sim, são cores, olhares e o tom de pintas e letras-vozes em formas vivas de pintar: "únicos e irrepetíveis" gestos e atitudes de sensibilidade e materialização de sentimentos nas seus quadros e desenhos. Suas "emoções são a chave para uma pessoa" artista e se debruça a amar e conhecer a vida e a alma humanas e dos movimento da natureza.
Os músicos refletem tudo na pauta musical e nos sons harmônicos ou não. "Se descobrirmos seu gesto, jeito e '"essa chave, pode-se entrar e compartilhar com seu mundo" interior.
Então, ela permanece/ permanecerá conosco pela obra que produz/produzirá.
Parodiamos a poeta Adélia Prado "- Fica-se eterno quando sua arte permanece!"

Floreios, pinceladas em tons primaveris, reminiscências infantis, motivos decorativos neo árcades e coloniais, suavidade no contraste de cores (amarelo e azul em acomodações vangoguianas).
É uma arte multicolor, apropriações de singeleza e criatividade nos espaços  escolares como vitrine nas paredes, banheiros, parte de cima das paredes com motivos e quadros florais, pinturas paralelas em entradas de banheiros e portais ou portas.
Motivo de natureza como floresta na entrada da escola e no pátio da mesma.
Nas escadas, os slogans assumem ar de meditação e tons proverbiais ou sapienciais, sínteses de axiomas científicos e inspiração otimista para a reflexão dos alunos e professores. Os desenhos variam de átomos, construções mandálicas e ecológicas com fins educacionais cujo foco é a visão cativante do aprendente ou aluno.
A pincelada assume contornos de tons azul turquesa suave e amarelo como cores dominante e o vermelho como cor auxiliante da arte neo árcade ou colonial - semelhante a que aparece em murais e paredes de igrejas e museus barrocos e arte primitiva - beirando ao traçado infantil e não menos importante do homem em cavernas - arte rupestre.
Reciclando-se quadros e modelando-se pinturas - a Libete se envolve em aura talvez à moda de Van Gog. Um quadro vermelho vinho se torna uma aguarela discretamente marcada pelo forte tom amarelo de flor do canto superior direito com contra-efeito de tons azuis coloniais e flores outras de girassóis.
Na cantina escolar, acima do atendimento há dois bons quadros com motivos infantis pintados com sucos, doces e guloseimas. Coisa de criança! As cores alegres, forte são justapostas com suave criatividade e respiração do observador ao correr o olhar nas pinturas como uma folha de caderno de desenho de uma criança.
Em um dos banheiros dos alunos - no primeiro piso - há pinturas de violetas - um primor de pinceladas roxas e lilas que coadunam a leveza de quem entra ao banheiro.
O efeito impressionista também vem à tona na pintura de Libete quando eterniza o cenário do Engenho de Piracicaba, SP. Fica-se tomado pela primitividade do efeito das cores em fumaça como uma reminiscência do passado histórico da cidade e das origens da sua riqueza quando da presença italiana inicial. O motivo é forte quando associado ao ar das verdes florestas ciliares, o velho prédio do Engenho com chaminés e das Águas do Piracicaba, cena de um filme... a câmara permanece adentrando o nevoeiro precoce dos tempos da ocupação e do progresso de Piracicaba, SP.
Outra pintura é a floresta verde cujas árvores se destacam aos poucos à vida do observador em tons de aconchego convidativo a percorrer entre as árvores e seus troncos não tão grossos e contemplar a suavidade e o frescor e o verde virgem das matas de Piracicaba, SP.
Outros quadros foram pintados e doados a bingos da escola com o fim de conseguir recursos e valorizar o ambiente e a natureza. A obra de A professora e artista Libete nos encanta pela leveza, criatividade sem opulência barroca, a ingenuidade paisagística neo árcade e os efeitos ambientes de pulsão colonial da vida tropical e cotidiana, sem contudo em outros quadros visualizar cenas da vida infantil e os costumes do campo e da cidade.
Outros porém, o nativismo e o amor à terra natal e a natureza vem fluir com o espírito da observação sem grandes pretensões e detalhismos, porque marcadamente impera o gosto de contemplar e viver o momento da vida e da natureza no que ambos proporcionam ao vivente de modo grácil, gracioso e suave.
O trabalho vem com sua atitude de jardinagem, valorização patrimonial, cuidado com a horta, pode de rosas e pintura com o envolvimento de alunos em cada contexto de sentido.
Trabalha espontaneamente e alegre, focada no espírito de resultado processual de dias e noites. Por isso, dedica-se horas e horas em que a inspiração e a meditação, a pesquisa e o desejo do melhor de si vem à baila na operacionalidade de sua arte rica - variável e singelamente única.
Parabenizo a sua formação, perseverança de anos e estudo pela arte personalmente enaltecedora do belo, do nevoeiro, do verde, do floral, do mundo infantil, da natureza tropical, da impressão instantânea do momento existencial único e volátil de lembranças seja no quadro de parede, nos contornos e cores decorativas sem ambição e perfectibilidade, mas assintomática ao momento psicológico de efeito esteticamente quase vangoguiano (sem se perder na loucura da vida, mas pela paixão por viver e viver cada instante e melhor aproveitar a luz do sol e do azul - cores que se observadas na sua aquarela em constante apelo (com traços incrivelmente inusitados de apropriação e genialidade) - nos indica elementos múltiplos de vida interior ricamente elaborados ao mundo das gentes e suas alegrias e a transformação das penumbras em augures de felicidade volatizante, nem menos cativante e envolvente no observador - tomado pelo maravilhoso, surreal, semi-cubista e futurista em uma pós-eferverscência-modernista que agrega tradição e renovação pela vanguarda sutilizada em cada pincelada de sua experiência de anos e de educadora.

______________________

PONTOS DE VISTA SOBRE A PINTURA E A ARTE DE LIBETE
NOME COMPLETO: ELISABETH MARIA GIACOMINI - PIRACICABA, SP
EM J B PEREIRA

HOMENAGEM À PROFESSORA-PINTURA LIBETE - NOME COMPLETO: ELISABETH MARIA GIACOMINI - PIRACICABA, SP
A professora Libete presto homenagem pelos serviços à nossa Escola E. "Hélio Penteado da Costa" por dedicação como professora de Arte. Atualmente, pintou lindamente a nossa biblioteca ou sala de leitura, armários de aço e bancada de laboratório de química.

Mas, venho me deparando com suas obras na mesma escola. Recentemente, com quadros ou telas cujos temas são relativos à natureza morta ou diversas paisagens naturais.
Seu estilo varia entre impressionismo, expressionismo, lúdico infanto-juvenil aguarelado, brasileirismo, neossimbo-clássico com pinteladas de verde retratando ambiência do Rio Piracicaba, Porto do Engenho etc.

O quadro Lareira é um primor.
Abertura de campina circular em Floresta, tem como fundo as montanhas que se fundem suave e misticamente com o céu ligeiramente nublado em branco gelo.
O simples encontro com essa natureza sem a presença direta do homem - apenas se demonstra do eu universal observador pela estrada que adentra centralmente a floresta na base inferior do quadro.
A simplicidade e leveza se destaca suave e imediatamente ao mundo natural a que fomos conclamados a admirar.

Conhecer pelo seu espírito alegre, vivo, solidário, animado, simples e amigo nos encanta a valorizar a gente piracicabana.

José João Bosco Pereira
Professor de português
durante a organização da biblioteca da mesma escola.
J B Pereira
Enviado por J B Pereira em 27/12/2017
Código do texto: T6209956
Classificação de conteúdo: seguro
 Enviar por e-mailDenunciar

Comentários

11/06/2018 20:04 - J B Pereira
Dizeres de Ricardo Rogério - coordenador pedagógico e professor da Escola Estadual Prof. Hélio Penteado de Castro: Com letra de Educadora - Libete escreveu na lousa verde do palco no pátio da Escola "Hélio Penteado de Castro" - Piracicaba, SP. __ JOHN POWELL__'Meus sentimentos são como minha impressão digital,, como a cor dos meus olhos e o tom de minha voz: únicos e irrepetíveis. Para você me conhecer é preciso que conheça meus sentimentos. Minhas emoções são a chave para a minha pessoa. Quando lhe dou essa chave, você pode entrar e compartilhar comigo o que tenho de mais precioso para lhe oferecer: eu mesmo." http://umaesposaexpatriada.blogspot.com/2010/05/meus-sentimentos-sao-como-por-john.html __John Powell é um compositor, maestro e produtor inglês de trilhas sonoras. Inicialmente treinou como violinista enquanto criança antes de estudar em Trinity College of Music de Londres. Nascimento: 18 de setembro de 1963 (idade 54 anos), Londres, Reino Unido. Cônjuge: Melinda Lerner (a 2016). ___
John Powell Procurar imagens disponíveis Informação geral Nome completo John Powell Nascimento 18 de setembro de 1963 (54 anos) Origem Londres País Inglaterra Gênero(s) Trilha Sonora eletronica Ocupação(ões) Compositor Maestro Produtor Musical DJ Instrumento(s) Piano Violino tapes Período em atividade 1990-presente John Powell (18 de Setembro de 1963) é um compositor, maestro e produtor inglês de trilhas sonoras. Inicialmente treinou como violinista enquanto criança antes de estudar em Trinity College of Music de Londres. Mais tarde, se aventurou nos ritmos de jazz e rock tocando numa banda de soul "The Fabulistics". Durante a faculdade, compôs músicas para comerciais enquanto realizou trabalho como assistente do compositor Patrick Doyle em diversos filmes, incluindo Much Ado About Nothing. __https://pt.wikipedia.org/wiki/John_Powell

11/06/2018 20:01 - J B Pereira
PARABÉNS PROFESSOR E ARTISTA LIBETE - ESCOLA ESTADUAL "PROFESSOR HÉLIO PENTEADO DE CASTRO" - PIRACICABA, SP ---- 11/06/2018 - ---- às 19:54___Libete pintou quadros de balas e lanches sobre a cantina; além de pintado ilustrações de elementos florais e cartas de baralho nos banheiros feminino e masculino com pensamento muito bonito: "Às vezes ganhamos... Às vezes aprendemos a perder!" - da Escola "Hélio Penteado de Castro" - Piracicaba, SP. __Libete pintou a biblioteca toda e vem fazendo por anos trabalhos de jardinagem, recuperação da Escola Hélio Penteado de Castro de Piracicaba, SP, além de pintar corredor de verde claro no piso superior, cuidar da horta escolar, conservar pinturas de sua autoria na escada, nos banheiros com violetas lindas, no pátio da mesma escola, e na entrada da Escola Estadual "Hélio Penteado de Castro". É nossa bem feitora e ardorosa e incansável exemplo de altruísmo e dedicação a todos, sorriso e vivencia cristã e abnegação como educadora, mãe, esposa, pintora de alto nível.__Com letra de Educadora - Libete escreveu na lousa verde do palco no pátio da Escola "Hélio Penteado de Castro" - Piracicaba, SP. __ JOHN POWELL__'Meus sentimentos são como minha impressão digital, como a cor dos meus olhos e o tom de minha voz: únicos e irrepetíveis. Para você me conhecer é preciso que conheça meus sentimentos. Minhas emoções são a chave para a minha pessoa. Quando lhe dou essa chave, você pode entrar e compartilhar comigo o que tenho de mais precioso para lhe oferecer: eu mesmo."

http://umaesposaexpatriada.blogspot.com/2010/05/meus-sentimentos-sao-como-por-john.html __John Powell é um compositor, maestro e produtor inglês de trilhas sonoras. Inicialmente treinou como violinista enquanto criança antes de estudar em Trinity College of Music de Londres. Nascimento: 18 de setembro de 1963 (idade 54 anos), Londres, Reino Unido. Cônjuge: Melinda Lerner (a 2016).
 

 ____________________

The Sound Of Silence
Simon & Garfunkel

The Sound Of Silence
Hello darkness, my old friend
I've come to talk with you again
Because a vision softly creeping
Left its seeds while I was sleeping
And the vision that was planted in my brain
Still remains within the sound of silence

In restless dreams I walked alone
Narrow streets of cobblestone
'Neath the halo of a street lamp
I turned my collar to the cold and damp

When my eyes were stabbed
By the flash of a neon light
That split the night
And touched the sound of silence

And in the naked light I saw
Ten thousand people, maybe more
People talking without speaking
People hearing without listening

People writing songs
That voices never share
And no one dare
Disturb the sound of silence

Fools, said I, you do not know
Silence like a cancer grows
Hear my words that I might teach you
Take my arms that I might reach to you
But my words like silent raindrops fell
And echoed in the wells of silence

And the people bowed and prayed
To the neon God they made
And the sign flashed out it's warning
In the words that it was forming

And the sign said
The words of the prophets
Are written on the subway walls
And tenement halls
And whispered in the sound of silence

O Som do Silêncio
Olá, escuridão, minha velha amiga
Vim conversar com você de novo
Porque uma visão suavemente arrepiante
Deixou suas sementes enquanto eu dormia
E a visão que foi plantada em meu cérebro
Ainda permanece dentro do som do silêncio

Em sonhos sem descanso eu caminhei só
Em ruas estreitas de pedra
Sob a luz de uma lâmpada de rua
Levantei minha lapela para me proteger do frio e umidade

Quando meus olhos foram apunhalados
Pelo brilho de uma luz de neon
Que rachou a noite
E tocou o som do silêncio

E na luz nua eu vi
Dez mil pessoas, talvez mais
Pessoas falando sem dizer
Pessoas ouvindo sem escutar

Pessoas escrevendo canções
Que vozes jamais compartilharam
E ninguém ousava
Perturbar o som do silêncio

Tolos, eu disse, vocês não sabem
Que o silêncio é como um câncer que cresce
Me escute que eu posso ensinar você
Pegue o meu braço que eu posso te alcançar
Mas minhas palavras caíam como gotas silenciosas de chuva
E ecoavam nos poços do silêncio

E as pessoas se curvavam e rezavam
Ao Deus de neon que elas criaram
E a placa mostrou o seu aviso
Nas palavras que formava

E a placa dizia
As palavras dos profetas
Estão escritas nas paredes do metrô
E nos corredores dos cortiços
E sussurradas no som do silêncio

Original
Adicionar à playlist
Tamanho
A
A
Cifra
Imprimir
Corrigir

Composição: Paul Simon · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por Flavius, Legendado por Elvis, Júlia e mais 5
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Recomendar Twitter Google+




Mais ouvidas de Simon & Garfunkel
Ver todas as músicas de Simon & Garfunkel →
The Sound Of Silence
Bridge Over Troubled Water
Mrs. Robinson
Scarborough Fair (Canticle)
El Condor Pasa
The Boxer
Homeward Bound
Cecilia
America
Baby Driver
Bookends
For Emily, Whenever I May Find Her
I Am a Rock
Kathy's Song
The Only Living Boy In New York
April Come She Will
Wednesday Morning 3 AM
Old Friends/Bookends
Feeling Groovy (59th St. Bridge Song)
An American Tune
Playlists relacionadas




Ver mais playlists →
MAIS ACESSADOS
Todos Rock Gospel Sertanejo Funk Mais
Ver mais músicas e artistas →
Hino Nacional Brasileiro
Hinos de Países
Ao Vivo e a Cores (part. Anitta)
Matheus e Kauan
Changes
XXXTENTACION
O Sol
Vitor Kley
Sobre Nós (Poesia Acústica #2)
Pineapple
Jocelyn Flores (feat. Shiloh Dynasty)
XXXTENTACION
Mostra Tua Força, Brasil (part. Anitta, Thiaguinho e Fabio Brazza)
Itaú
Propaganda
Jorge e Mateus
Lugar Secreto
Gabriela Rocha
Jogo do Amor
MC Bruninho
 XXXTENTACION
 Jorge e Mateus
 Matheus e Kauan
play
anterior play próxima volume
opções playlist

Todos os artistas
ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ0/9
Músicas
Top músicas
Atualizações
Lançamentos
Playlists do Letras
Rádios
Artistas
Top Artistas
Top Álbuns
Participe
Crie seu perfil musical
Envie álbuns
Envie letras
Correções de letras
Sobre o site
Ajuda
Anuncie no Letras
Termos de uso e Política de privacidade
Regras de uso
Aplicativos e plugins
Disponível no
Google Play
 Baixar na
App Store
 Baixar na
Microsoft
  Plugin
Chrome
 Windows
Media Player
 Windows
Winamp
 Mac
iTunes
Siga o Letras
Facebook Instagram Twitter
Idiomas
Español English
Studio Sol
Feito com amor em Belo Horizonte
© 2003 - 2018, 2.5 milhões de músicas, 99.5 milhões de visitas em Maio
Muito mais que letras de músicas

Mais música em:
Cifra Club Palco MP3
Parceiro
R7.com

https://www.letras.mus.br/simon-e-garfunkel/36245/traducao.html
J B Pereira e https://www.recantodasletras.com.br/homenagens/6209956
Enviado por J B Pereira em 21/06/2018
Reeditado em 22/06/2018
Código do texto: T6370566
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
1900 textos (902491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/18 20:02)