Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

http://www.antoniomiranda.com.br/

 
Tecnopoesia, site de Antonio Miranda
 

O site pessoal do escritor Antonio Miranda oferece aos internautas uma lista de centenas de autores de poesias visuais e digitais, incluindo ele mesmo. Um trabalho de professor, pesquisador e difusor da arte literária que, neste mundo contemporâneo, amplia suas possibilidades semânticas para outras verves artísticas. Seu projeto contribui para a divulgação e abre espaço para a construção de debates sobre os rumos da poesia nesta “Era da informática”, na qual os símbolos ganham cada vez mais espaço. Uma era tecnológica que, dia a dia, vai “governando” a rotina das pessoas. Mediante um diálogo com a Poesia Concreta, com o Neoconcretismo e com o Poema Processo, que se apresentaram em meados do século passado; escritores mais engajados com o universo tecnológico lançam mão de imagens, sons e palavras para compor uma poesia dinâmica. O papel como suporte gráfico cede espaço para as mídias digitais e sites da internet. A caneta é substituída por softwares e aplicativos que dinamizam o trabalho do poeta. Dessa forma, o computador passou a ser a “máquina de escrever”, e o universo virtual tornou-se o lugar de experimentações. A palavra já não precisa mais ser grafada à tinta, ela é posta numa tela e ganha tridimensionalidade através de hologramas. Não apenas visual, há inclusive, métodos de fazer o leitor interagir com a obra poética, o ciberpoema, deixando de ser expectador passivo para ganhar o atributo ativo, como um coautor da poesia. O trabalho de “capinação” de Antonio Miranda se torna uma referência para quem deseja conhecer e estudar a poesia visual e digital. Na seção do site dedicada a Tecnopoesia, Antonio Miranda apresenta a tese de doutorado de Jorge Luiz Antonio, considerado uma das maiores autoridades na pesquisa dessa nova produção poética. Com tantas possibilidades apresentadas, os leitores verão diversas vozes com as quais podem se corresponder e, inclusive, encontrar motivações para a criação de seus próprios poemas. O que a poesia digital nos ensina é que ser poeta, no mundo contemporâneo, é muito mais que versificar. O poeta ganha projeções para além da palavra escrita. O poeta passa a ser um artista de amplitudes maiores, tornando-se um pintor, escultor, músico e design.
Márcio Adriano Moraes
Enviado por Márcio Adriano Moraes em 22/11/2019
Reeditado em 22/11/2019
Código do texto: T6801408
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Márcio Adriano Moraes e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Márcio Adriano Moraes
Montes Claros - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
667 textos (121521 leituras)
19 áudios (1920 audições)
148 e-livros (182573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:33)
Márcio Adriano Moraes

Site do Escritor