Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apresentação do Livro Comidas Afetivas & Poemas Combinação Perfeita, de Eluciana Íris

Há semelhanças entre o deglutir e o ler; ao deglutir , fazemos algo que é inerente a todo ser vivo. A deglutição é uma ação automática de desempenho da função de transportar o alimento para o estômago e realizar a limpeza da laringe e da traqueia. A leitura é a ação de decifrar o conteúdo de um texto compreendendo e interpretando qualquer representação escrita, apreendendo o conteúdo extraindo a significação da palavra através de processos cognitivos armazenados na memória de cada pessoa. Mas onde está a semelhança? A palavra “leitura” é um substantivo feminino que tem origem no latim “lecture”, que pode ser definida como “colheita”, ou seja, a leitura seria o ato de colher as palavras com os olhos, como quem colhe um alimento no pomar. Ao selecionar o código e interpretá-lo, estamos deglutindo, transportando, através dos olhos para o cérebro, o alimento intelectual que está depositado numa plataforma.

Os textos depositados no livro da Eluciana Iris são capazes de alimentar o intelecto e alma, assim como são capazes de alimentar o corpo e saciar a fome através de receitas maravilhosas. Combinar receitas e poemas não é uma prática nova, no entanto, a forma de ressignificar as combinações entre cada item das receitas com a magia dos poemas, torna crível que as palavras saciam e mitigam corpo e espírito . Como a combinação dos olhos verdes da pessoa amada com quiabo grelhado no azeite, como dizer para o PÃO DE QUEIJO DA KIKI – “PRA SEMPRE TE AMAREI”, ou então ir ao extremo e LIGAR O FODAS para experimentar a SALADA FESTIVA DA TILI. O jeito que a escritora nos pega pelo estômago, fazendo-nos salivar, lendo as receitas, é tão envolvente e encantador quanto a forma que ela nos serve a bandeja cheia de poemas que alimentam a alma, matam a sede de poesia. A combinação de poemas e receitas afetivas é uma ousadia apaixonante, uma proposta para ler e deglutir com olhos de gula, e Deus nos perdoará!
Escritor Paulo Siuves
Enviado por Escritor Paulo Siuves em 17/03/2020
Código do texto: T6890212
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Escritor Paulo Siuves
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 48 anos
457 textos (6451 leituras)
2 áudios (84 audições)
1 e-livros (42 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/04/20 12:08)
Escritor Paulo Siuves