Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARNAVAL

Com a presença de D. Pedro II, Em 1854 foi realizado um Congresso para apontar uma festa popular.
Nesse tempo havia uma brincadeira, “entrudo”,  que molhava as pessoas na rua, e, em seguida era lhes atirado farinha de trigo.
E nesse Congresso fica determinado que a festa do entrudo fosse substituída pela folia de carnaval.
Em 1932, foi acrescentada a figura do rei Momo (da mitologia grega), que era, um boneco de tamanho grande, confeccionado de papelão. O boneco foi  trocado no carnaval seguinte por um simpático homem gordo, ficando como tradição até os nossos dias atuais. É ele que, ao ser escolhido, abre os festejos carnavalescos.
“Escola de Samba”  Esses grupos organizam participantes que desfilarão nos dias do calendário anual; é o ritmo que embala os desfiles com suas baterias com instrumento de per4cussão. Ela acompanha um intérprete, que chamamos de puxador de samba.
Temos a porta-bandeira é uma passista vestida com luxo que segue o mestre-sala, com coreografias idênticas à dança clássica.
É a mais importante festa do folclore brasileiro, onde todos são convidados a entrarem na folia, com ou sem fantasias.
Em algumas regiões do país as coreografias obedecem aos estilos musicais culturais, como samba, Rio de Janeiro, frevo e maracatu, típicos de Pernambuco.
Escola de Samba Marquêz de Sapucaí dançam a mesma música com luxuosas fantasias e carros alegóricos. Defendendo o enredo de cada escola.
Temos na região norte e nordeste, são comuns os trios elétricos, que é um grupo de músicos tocando guitarras elétricas equipado com potentes alto-falantes.

Resumo com apoio da revista Folclore e Site www.brasilfolcloire.hpg.ig.com.br



Alci Santos Vivas Amado, Mayre B. C. Vigna e Site www.brasilfolclore.hpg.ig.cpm.br
Enviado por Alci Santos Vivas Amado em 08/02/2013
Código do texto: T4129561
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.

Comentários

Sobre o autor
Alci Santos Vivas Amado
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil, 74 anos
238 textos (34843 leituras)
2 e-livros (139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 14:52)
Alci Santos Vivas Amado