Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Teoria do Conhecimento Aproximado em Bachelard.


Bachelard, França,  1884-1962.

Trabalho de fundamental importância para o desenvolvimento da epistemologia como método científico.

 A  ideia da proximidade do entendimento como verdade epistemológica,   apesar do tempo, não tão valorizada  no meio científico.

Como efeito, o que é lamentável, o livro é uma das melhores elaborações do exuberante pensador Gastón Bachelard.

Trata-se de uma teoria na qual o autor  reflete com propriedade o desenvolvimento do conhecimento científico na perspectiva  histórica,  a epistemologia como fundamento.

Bachelard procura desenvolver o conceito de  que toda forma de conhecimento além de histórico, tem essencialmente caráter de provisoriedade.

Portanto,  nada é absoluto na questão do saber, sendo o  ferido  pelo menos em parte é ideológico.

Tudo se prende a seu devido momento histórico,  o conhecimento  é apenas aproximado, proporcional e não total, não existe saber finalizado, toda forma de conhecimento é parcial. fragmentário.

Deste modo,   a razão é por natureza, inacabada.

 Os paradigmas são essencialmente históricos além de produtos culturais, até mesmo nas ciências exatas, as quais têm imagem do caráter de exatidão em relação direta com a realidade.

 A construção é também aproximada em relação com o  saber como resultado científico.

 Apesar das diferenças  existentes entre as ciências da natureza e ciências do social, o que há em comum com maior ou menor proporcionalidade é a natureza da temporalidade e provisoriedade, seus paradigmas são frutos dessas proposições.

A obra de Bachelard desenvolveu muitas contribuições, para quem deseja estudar a fenomenologia, como também a Filosofia aplicada à ciência em geral.

Com efeito,  a valorização do método indutivo em sua substancialidade aproximativa.

 Sem Bachelard é impossível entender as limitações do tempo, da cultura e das construções paradigmáticas, associadas  em parte a teoria da refutabilidade em Karl Popper.

O conhecimento científico elaborado pelo autor, enquanto teoria sistemática, com objetivo do saber, o todo enumera entendimentos primordiais  para aqueles que desejam trilhar  o caminho das ciências sejam quais forem suas naturezas.

 A mais fundamental  contribuição refere-se à forma em  que Bachelard compreende  a Matemática.
Pouco a pouco procura apoderar-se de todos os aspectos do conhecimento científico.

 No entanto, até mesmo sem perceber, caminha por orientações subjetivas, interferindo em valores de crenças e procedimentos de caráter essencialmente subjetivos.

A ciência transformada pela lógica do positivismo em objetivos dados de comprovações supostamente científicos, transferem modelos naturais às denominadas ciências do espírito.

As proposições importantes colocadas por Bachelard em sua obra  trata especificamente como  devem ser entendidas as ideias de medida, escala, número, quantidade e, particularmente, o conceito de qualidade.

 A respeito do referido fundamento, é necessário afirmar a investigação com o objetivo da comprovação da hipótese.

 A argumentação indispensável do autor nos leva, por exemplo, à constatação de que no fim de toda atividade quantificadora científica existe sempre um juízo de qualidade envolvido na mesma.

As ações nesse caso são quantitativas, motivo pelo qual a verdade científica é apenas proporcional e, ao mesmo tempo, produto da História, consequentemente da cultura.

Procedimento estatístico à medida que algum objeto, como exemplo, uma determinada curva, desvia de ângulo,   entendimento esse que possui caráter subjetivo,  ao que se diz à apreciação não existe  em sua natureza exatidão.

  Teoria difícil, complexa  que,  para ser entendida são necessárias informações interdisciplinares com formulações observadas em raros livros científicos.

 A teoria é o resultado da reflexão a respeito do Ensaio sobre o Conhecimento Aproximado,  uma obra que  determinou as atuais posições de ilustres nomes de filósofos das diversas  ciências.

 Destacaremos alguns deles como Boa Ventura de Souza Santos e Thomas Kuhn, visualizando  influenciou posteriormente outros  filósofos de destaque da ciência.

Portanto,  sobretudo, a Física dos dias atuais, além, naturalmente, dos demais campos da Filosofia. Bachelard influenciou em tudo e a todos.

 Mesmo assim ainda é uma obra pouco explorada, no entanto, continua como centro de referência, produção importante como fonte de contribuição à produção dos paradigmas, as formulações necessárias à humanidade.

 Sem o trabalho elaborado por esse magnífico filósofo francês, o campo da interdisciplinaridade não seria desenvolvido com tamanha  eficiência.

 Deste modo, filósofo como  Edgar Morin, não teria informações suficientes para  construção de seu  destacado trabalho, elaborado a respeito da teoria da complexidade, indispensável a todos os campos científicos.


 Edjar Dias de Vasconcelos...
Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 17/04/2020
Código do texto: T6919841
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
3608 textos (668481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 11:03)
Edjar Dias de Vasconcelos