Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DENER GIOVANINI - SUSTENTABILIDADE E COMPROMISSO AMBIENTAL

Ambientalista reconhecido mundialmente e premiado pela ONU analisa a questão ambiental com isenção, sob uma ótica mais técnica do que ideológica

Em 2003, Dener Giovanini, ambientalista reconhecido internacionalmente, recebeu da ONU – Organização das Nações Unidas, o mais importante prêmio relacionado ao meio ambiente do planeta: o UNEP-Sasakawa. Anteriormente, o único brasileiro agraciado com essa láurea foi o sindicalista e ativista ambiental Chico Mendes, assassinado em 1988. “Além de me sentir honrado, esse prêmio vai fortalecer muito o combate ao tráfico de animais silvestres no Brasil”, agradeceu, na ocasião, o fundador da RENCTAS – Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, organização não-governamental mantida por meio de parcerias com a iniciativa privada, o poder público e o terceiro setor.

Apesar de militar na área ambiental há mais de duas décadas, em sua palestra “Sustentabilidade e Compromisso Ambiental” apresentada durante o XI CONSIG – Congresso de Sindicalismo Global, o jornalista e documentarista cinematográfico procurou analisar a questão com certa dose de isenção, ou seja, sendo mais técnico do que ideológico. “Desenvolver e conservar caminham paralelamente, mas não estão na mesma estrada”, compara. Sustentabilidade, para ele, torna-se um discurso vazio quando não empregada ou compreendida incorretamente. “A palavra sustentabilidade foi incorporada às grandes empresas, que assumem um discurso ecológico e ambiental para que as pessoas adquiram seus produtos. No entanto, é necessário que comecemos a prestar atenção no verdadeiro significado de desenvolvimento sustentável”, alerta.

Para o palestrante, as questões ambientais estão em constante conflito com as questões econômicas. “Até hoje não conseguimos conciliá-las”, afirma, fazendo menção à aprovação, pela Câmara dos Deputados, da medida provisória do novo Código Florestal. “No Brasil, nós temos uma legislação ambiental muito boa e uma aplicabilidade ruim. Então, devemos refletir com muita consciência, pois o que se discute é uma lei que vai afetar 30% do PIB – Produto Interno Bruto e 19 milhões de empregos”, resume, referindo-se às riquezas geradas pelo agronegócio.

A palestra teve como mediadores Luis Roberto Dias e José Carlos Coutinho, respectivamente presidentes do SINTEC-GO – Sindicato dos Técnicos Industriais no Estado de Goiás e do SINTEC-SC – Sindicato dos Técnicos Industriais do Estado de Santa Catarina. Ao final, eles entregaram a placa ao ambientalista pela participação no XI CONSIG.

Fonte: SINTEC-SP em Revista - Edição 154
http://www.sintecsp.org.br/Revistas/SINTEC-SP%20EM%20REVISTA%20154_pdf.pdf

COPYRIGHT © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Para a aquisição desse texto para fins de qualquer natureza – inclusive para reprodução, trabalhos profissionais ou acadêmicos –, favor entrar em contato pelo e-mail jdmorbidelli@estadao.com.br.

Agradeço se puder deixar um comentário.

JDM
facebook.com/jdmorbidelli
José Donizetti Morbidelli
Enviado por José Donizetti Morbidelli em 04/12/2012
Reeditado em 06/12/2012
Código do texto: T4019586
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
José Donizetti Morbidelli
São Paulo - São Paulo - Brasil
219 textos (685784 leituras)
24 e-livros (1548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/21 19:21)
José Donizetti Morbidelli