Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O professor e a sua influência

Logo cedo, quando começava a palmilhar o longo caminho da jornada estudantil, sempre convivi com mestres que me influenciariam diante a sua postura e métodos de ensino. É claro que, nem todos foram inesquecíveis. Existiam aqueles que, cujo os quais, nem mesmo sabiam o que estavam ensinando e éramos obrigado as engolir uma aula chata e cansativa.

Ao passo que existiam professores em que a  aula corria com uma fluidez impressionante e as horas passavam, voavam mestres assim só faziam cativar mais e mais seus alunos. E era desse jeito com o professor de História que tive a sorte de ter na época do cursinho. Seu conhecimento da matéria explicada e o domínio eram maravilhosos. Quando sua aula acabava queríamos mais e mais!

Também tinha o professor de química que sabia transformar sua aula como ninguém. Uma matéria chata dissolvia-se e se transformava em algo curioso, em desafio que queríamos desvendar. Parecia realmente que fazia alquimia com exercícios insolúveis!  Como ele,  tenho vários exemplos principalmente na época do cursinho.

A aula de literatura era uma festa e o professor se caracterizava como o tal personagem das musas inalcançáveis dos poetas. E íamos memorizando, gravando passagens e trechos difíceis e cansativos de alguns autores. Mas que com ele, se tornava algo apetitoso aos nossos olhos.

Por diversas vezes, tive a sorte de ser agraciado por pessoas que se esforçaram para ensinar e trazer um mundo novo para aquele que estão tomando ciência de alguma matéria desconhecida ou aprofundando na mesma.

Tanto no ensino fundamental, ensino médio como também no ensino superior, fica evidente que aquele que possui um domínio maior da matéria e dos métodos a serem aplicados terá uma enorme facilidade de ensinar, entreter e fazer a aula ficar interessante. Nós guardamos do lado esquerdo e na memória e raramente esquecemos aquilo que com muito prazer aprendemos.

È fato! Uma hora ou outra, você se lembrará deste ou daquele professor e de suas habilidades de entreter, ensinar e cativar os alunos. Aquele que você sempre falará para os seus filhos e citará os seus exemplos. Ele acaba se  tornando alguém em que se pode confiar; aquela pessoa em que você pensa em partilhar suas vitórias. Ás vezes a relação se estreita tanto que ele acaba se tornando uma extensão da rede de pessoas confiáveis, as quais você carinhosamente guarda.

Desde que começamos a nos entender como gente, convivemos diariamente com o professor. Torna-se de vital importância que profissionais gabaritados façam parte de nossa vida acadêmica. O que também não exclui o fator experiência. Assim como é importantíssimo temos profissionais as quais espelhar, também devemos conhecer os dois lados da moeda.

É claro que quando se fala de ensino queremos o melhor para nós. Mas num universo tão extenso quanto a educação e a vida acadêmica fica quase impossível termos sempre profissionais altamente capacitados. De vez ou outra cairá em nossas mãos, alguém que não tem tanto conhecimento assim ou aquele que está meio que a contragosto na profissão.

Portanto devemos passar pelo crivo da experiência, para que possamos fazer comparações entre quais métodos e didáticas abordadas são as melhores e as que mais se encaixam para o aprendizado. Ter professores ruins faz parte da nossa vida acadêmica.

Quando encontramos profissionais que fazem o melhor que podem, que cooperam não só para o entendimento da disciplina, mas sim com o crescimento do aluno como indivíduo, é que temos que valorizar e tentar sugar todo o seu conhecimento. Pois lembre-se: - aquilo em que se aprende com amor, com vontade e paixão ficará gravado pra sempre em nossa mente e em nossos corações.
Allan Garrido
Enviado por Allan Garrido em 18/10/2013
Reeditado em 31/10/2017
Código do texto: T4531070
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Allan Garrido
Bauru - São Paulo - Brasil, 39 anos
295 textos (11259 leituras)
11 áudios (557 audições)
8 e-livros (300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/06/19 04:15)
Allan Garrido