Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obscurantismo

Recebemos pelo Zap um texto do cidadão Olavo de Carvalho sobre o jornalista Ricardo Boechat, recentemente falecido.

O texto começa reconhecendo “uma grande inteligência”, mas “a serviço do marxismo internacional”. Louve-se, pelo menos, a referência à inteligência, o que foi compartilhado por todos da mídia e talvez do país.

Carvalho é daqueles anticomunistas extremados que vê socialismo/comunismo em tudo. Deve ser uma pessoa eterna e profundamente decepcionada com Deus por Ele ser o responsável por correr em todos nós, inclusive nos negros, o sangue de coloração vermelha.

Ele poderia ser um integrante da Santa Inquisição, que não admitia nem mesmo que as pessoas pensassem para não correr o risco de pensar em desacordo com os ditames da igreja. Em nada diverge dos fanáticos petistas, que consideram Lula como o maior e mais honesto político que já existiu na América Latina. Do mesmo modo que Carvalho, que nada reconhecerá de bom se proceder de alguém que se identifique de alguma forma ou em algum momento com o socialismo/comunismo. Nem mesmo Bolsonaro, de quem infelizmente é próximo ou muito próximo, deixou de se referir à importância e imparcialidade de Boechat como profissional da mídia.

Ficamos preocupados com a possível indicação de Carvalho para algum cargo no novo governo. Mas graças a Deus isso não ocorreu. No entanto, deveu-se a ele a indicação do ministro da Educação, cidadão naturalizado brasileiro. Tomara que esse ministro dê certo num dos setores cruciais para a vida da nação.

Sem dúvida, podemos dizer que ao obscurantismo de Carvalho, preferimos o brilhantismo do jornalista Boechat, de reconhecimento praticamente unânime, inclusive de alguns de seus adversários, à esdrúxula exceção de O. de Carvalho.

Rio, 13/02/2019
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 19/02/2019
Código do texto: T6579323
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6973 textos (155641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/05/21 09:14)