Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procuradora Dogde não fez a diferença

A procuradora-geral da República Raquel Dodge termina seu mandato na próxima terça-feira (17). A verdade: ela vai tarde e não deixa saudades pela atuação na PGR. Seu mandato não foi marcado pela combatividade. Ela bem que poderia ter sido firme no combate a corrupção.

É como diz Bernardo de Mello Franco: ''Em janeiro, a procuradora festejou o início de ''um mandato de mudanças'', que renovaria ''a esperança dos brasileiros''. ''Nos meses seguintes, segurou investigações que envolviam o presidente e virou figurinha fácil em solenidades no Planalto''.

Ao contrário: quis agradar Jair Bolsonaro e ficar mais tempo no cargo. Não deu certo. O subprocurador-geral Augusto Aras, provavelmente, ocupará o cargo. Ele foi indicado pelo presidente. Outra coisa, em despedida, Dodge fez um discurso bonito. A meu ver, seu texto não condiz com seu desempenho na PGR.
gregoheleno
Enviado por gregoheleno em 13/09/2019
Reeditado em 15/09/2019
Código do texto: T6743942
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gregoheleno
São Paulo - São Paulo - Brasil
54 textos (2234 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 19:58)