Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AI-5 E A REAÇÃO DO ESTAMENTO BUROCRÁTICO ÀS DECLARAÇÕES DE EDUARDO BOLSONARO.

(Milton Pires)

Hoje o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro levantou a possibilidade do seu "papai" reeditar o Ato Institucional nº5 (originalmente promulgado pelo Regime Militar em 13 de dezembro de 1968) no caso da Esquerda começar a fazer no Brasil o que está fazendo no Chile. Em outras palavras: destruir o país.

A reação do Estamento Burocrático foi imediata. Por Estamento, eu lembro aqui, quero me referir não a uma classe social ou profissional, mas sim, mais bem, a um segmento cuja ambição, cuja meta no Brasil, é ser o “dono do Poder”, o “patrão”, a “autoridade”. Dane-se a ideologia, a Esquerda e a Direita...para o inferno com a Monarquia, com o Parlamento ou a República...o que importa é o PODER.

Reuniram-se, na formação do Estamento original no Brasil, os políticos, funcionários públicos, profissionais liberais...Hoje, depois do Regime Petista, o Estamento é aquilo que Hannah Arendt chamou de “ralé”.

O Estamento reagiu à fala de Eduardo de forma generalizada e difusa, viu-se ameaçado, falou em “retrocesso”, em “apologia ao crime”, em “ameaça à Democracia”. Querem processar o Deputado Surfistinha...são tubarões de praias rasas...

Na manifestação do Estamento, na mentira divulgada pela ralé que hoje forma a maioria dos partidos políticos brasileiros, da Imprensa Vagabunda Petista, do STF e dessa coisa imunda apresentada como “sociedade civil como um todo”, parece que a população brasileira entraria em “desespero” se por acaso amanhã o Congresso e o STF fossem cercados pelos tanques do Exército.

Imaginem o sofrimento, o choro, as lágrimas das pessoas vendo os ministros do STF expulsos daquele covil e o Congresso Nacional livre das ratazanas, das centenas de vagabundos e vagabundas que vivem do dinheiro público! Meu Deus, seria um trauma para o cidadão comum, né ? É...pois é...

A “Democracia” defendida pelo Estamento considera normal o que fez um integrante da ralé, da escumalha política (como o Senador Médico Humberto Costa) ao dizer que “Bolsonaro tinha seus dias contados”, ou as afirmações sobre “gente morta” e “banho de sangue”, de criaturas do nível moral (e ficha criminal) de Gleisi Hoffmann e Benedita da Silva, ou daquele cretino de 92...o tal Lindberg Farias...

Estes são exemplos da reação da Esquerda, mas não se engane, não...TODOS os partidos ficaram indignados com o "Dudu"...até o dele...essa "coisa" chamada PSL...

Sim, a indignação, o “escândalo” do Estamento é seletivo para defender a Esquerda, sim, mas muito mais ainda quando se trata DELE. Não interessa se são membros da “Direita” ou da “Esquerda”, nessa hora o discurso das “autoridades” é unívoco - afinal, é a “Democracia” Brasileira que está em jogo, não é? Aí é o "futuro do Estamento"; não da "Democracia" que eles usam quando precisam e depois esquecem...

Mas que “Democracia” é essa? Não sabem? Eu faço questão de lembrar a vocês – é a democracia (agora com d minúsculo) do Voto Obrigatório, do Décimo Terceiro do Bolsa Família, do Fundão Partidário com dinheiro público...das cotas na Universidade Pública paga por todos, do Bolsa Presidiário, a democracia do Gilmar Mendes que, enquanto o Brasil buscava no Google o significado da expressão "AI-5", soltava o casal de governadores estelionatários do Rio de Janeiro…

É a democracia da lagosta e do uísque escocês para o STF..é a democracia em que você pode viver pelas ruas, se drogando e bebendo, transando com qualquer coisa viva até ter AIDS ..porque o SUS vai lhe dar absolutamente tudo de graça...É a democracia da “Lei do Abuso de Autoridade”, do fim da Prisão em Segunda Instância que vai soltar Lula e acabar com a Lava Jato…A democracia em que você cospe na cara do médico, espanca professor e mata policiais ...

Essa, meu caro leitor, é a “Democracia” que o Estamento, indignado, escandalizado, horrorizado e constrangido como putas fazendo curso de noivas que ouviram a fala de Eduardo Bolsonaro, correu para defender...Essa é a “Democracia” que Tabata Amaral, que nasceu em 1993, quer poupar do “terror do AI-5”...

Que nojo, meu Deus...que vontade de vomitar...É mais fácil Jean Wyllys engravidar Pabblo Vittar do que um Presidente da República que colocou Augusto Aras como PGR e Osmar Terra como Ministro da Cidadania promulgar algo parecido com AI-5 no Brasil de hoje…

É mais fácil Olavo de Carvalho se casar com Marilena Chauí do que um Exército de Generais Psicanalistas que jogam vôlei de praia apoiar um Presidente que faça isso.

Há quem pense, nessa altura do texto, que eu sou mais um “isentão” - termo criado pelo cafajeste, ex-filósofo e atual caçador de ursos da Virgínia, para designar quem não é Vagabundo Petista nem Retardado Mental Bolsonarista.

Vamos a definição de quem sou eu – eu sou alguém que SÓ FAZ oposição ao Governo Bolsonaro. Ao PT, PSOL e PC do B  eu não faço oposição porque eu não reconheço sequer o direito deles existirem como “partidos políticos”.

PT, PSOL e PC do B são organizações criminosas como as FARC, o ISIS, Hezbollah, Comando Vermelho ou PCC e, num país sério, já teriam sido extintos há muito tempo.

Partidos comunistas, no Brasil pós-Regime Petista, seriam ilegais (caso o Brasil fosse um país sério) e isso é o que basta, penso eu, para responder a quem pensa que eu sou um “isentão”.

Quanto a Jair Bolsonaro, o que cabe dizer dele é que ele apoia o filho que mente para se salvar da cadeia (Flávio Bolsonaro) e ataca o filho que diz a verdade sobre a necessidade do AI-5 (Eduardo) para defender o que ainda resta de ordem social no Brasil (vejam que eu escrevi ordem social, porque Democracia obviamente não existe mais).

Sim, meus caros amigos, eu votei em Jair Bolsonaro com a esperança de que ele tivesse coragem e dignidade para, de fato, instaurar um AI-5 no Brasil, fechar o Congresso, o STF, extinguir os partidos do Foro de São Paulo e convocar uma nova Assembleia Constituinte…sonhei com uma “formatação da Democracia”, ou melhor, dessa imundície que alguns tem a audácia de chamar de “Democracia” no país.

Achei que ele tivesse coragem para, finalmente, ser alguém capaz de desafiar o Estamento Burocrático tão bem definido por Raymundo Faoro nos “Donos do Poder”. Acreditei que as Forças Armadas seriam solidárias, que apoiariam o Presidente neste sonho que pelo jeito era só meu e de meia dúzia de intervencionistas...

Me enganei….me enganei feio…

Termino tranquilizando a Esquerda formada pelos Vagabundos Petistas, pederastas assassinos, lésbicas feminazis, traficantes, pedófilos, alcoolistas, assediadores morais, maconheiros e esquizofrênicos da Igreja Católica e da Universidade Brasileira, assim como a quadrilha que representa vocês dentro do Congresso: não vai haver AI-5 nenhum no Brasil, podem ficar tranquilos.

Podem até mesmo começar os preparativos para trazer os cubanos e venezuelanos que estão nas ruas de Santiago para as ruas de São Paulo, Porto Alegre ou Rio de Janeiro...Eles podem destruir o Brasil, sim...não vai acontecer nada…Temos uma "Direita" que toda semana precisa pedir "desculpas" para Esquerda. O Dudu Surfistinha já se desculpou, 'tá tudo bem de novo...

Para haver AI-5, teríamos que ter um Golpe de Estado. Não temos mais Estado algum no Brasil e nem Exército para dar Golpe.

Não vai ter Golpe de Estado...Não vai haver AI-5 nenhum…

Porto Alegre, 31 de outubro de 2019.
cardiopires
Enviado por cardiopires em 31/10/2019
Reeditado em 01/11/2019
Código do texto: T6784252
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
cardiopires
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 49 anos
373 textos (14758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 11:50)
cardiopires