Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E a culpa é sempre nossa

Estamos num relacionamento tóxico. Quanto mais obedecemos às "medidas sanitárias", mais somos culpados pelo aumento do número de casos. Mandaram fazer distanciamento, fizemos. Passar álcool em gel, passamos. Usar máscaras, usamos. Não trabalhar, não trabalhamos (e centenas de milhares de empresas faliram por conta disso; milhões de trabalhadores perderam seus empregos), mandaram tomar vacina, tomamos. Ainda assim, o tom é sempre acusatório: "Os casos estão aumentando for falta de empatia" "Os casos estão aumentando porque vocês viajaram" "Os casos estão aumentando porque vocês não estão obedecendo o suficiente" Vocês entendem? A culpa é sempre do povo; não há a menor possibilidade das autoridades levantarem a hipótese de estarem enganadas. Ninguém se pergunta: "Se estas medidas são eficazes, por que não estão funcionando?" Não. Se uma máscara só não está funcionando, pedem duas máscaras (e já estamos indo para três!) Se Lockdown não funcionou uma vez, tentam duas, tentam três. Se uma ou duas doses da vacina não será suficiente (mutações!) então impõem uma terceira, uma quarta... E não para. Nunca. Sempre mais, sempre mais do mesmo. E a culpa é sempre nossa. "Vocês só estão usando duas máscaras, o correto são três! Vocês só estão no terceiro Lockdown, o que vai funcionar é o quarto! Vocês só tomaram 3 doses da vacina, a que vai proteger da nova mutação é a quinta! Queremos mais de vocês, mais!" A sensação é de esgotamento; de que já demos tudo. Mas eles querem mais. E só estamos no primeiro ano... (RM)
Gary Burton
Enviado por Gary Burton em 05/03/2021
Código do texto: T7199165
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Gary Burton
São Paulo - São Paulo - Brasil
1346 textos (75601 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 05:35)
Gary Burton