Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

C P I - COMO PARAR UM IGNORANTE

C P I - COMO PARAR UM IGNORANTE
Carlos Roberto Martins de Souza

Por força de uma decisão judicial o Cirquê de Senadê montou suas tendas numa CPI, lá nos terreiros do Senado Federal. Do primeiro momento até hoje, quando se ouviu o Ex-Ministro Mandeta, a trupe do governo resolveu tentar tomar conta do picadeiro, e para isto, usou de diversos números de malabarismos, alguns hilários, outros já conhecidos da platéia, mas todos na tentativa de procrastinar os trabalhos. O problema é que eles não foram bem treinados, ou são tão ruins, que deram um vexame nos seus argumentos e nas suas articulações. Todos sabemos do medo terrível que Boçal Naro e seus capachos tem de uma investigação, não por acaso, recorreram a todas as artimanhas jurídicas e regimentais para tumultuar e melar a tal CPI, mas como são tão sem noção, foram derrotados em todos os movimentos. O que estamos vendo é um circo político onde os artistas são pagos para colocarem fogo na lona, palhaços que pintam a cara, não com as cores da alegria de um bom circo, mas com o tradicional e bom "Óleo de Peroba", um lustra "Cara de Pau" famoso e de largo consumo entre políticos. A tal comissão nada mais é do que uma tática de "Como Parar o Idiota", o objetivo é parar o Boca de Lixo na sua petulância em ignorar a ciência no combate a pandemia. Todos sabemos da irresponsabilidade cultivada pelo Presidente no trato com está desgraça que abateu sobre o Brasil, e mais, por negar a ciência ele se viu obrigado a recorrer a Santa Cloroquina e suas santinhas de estimação para tentar esconder a sua debilidade e a sua falta de responsabilidade. Vivemos um momento de ascensão de idiotas na sociedade, na política e na igreja, tem porcaria saindo pelo ladrão, gente sem escrúpulos que trabalham para destruir o Brasil, ou o que resta dele. A prova é a tal "Tropa de Choque", um bando de picaretas que se associaram ao Bolsodeus para tentar emplacar um milagre na expulsão do "DEMÔNIO DA COVID". A certa altura da inquirição de Mandeta, o líder do governo Fernando Bezerra fez um discurso tão inflamado, que pensei que iriam chamar os bombeiros para controlar o fogo de palha do cidadão. Ele tão estava vermelho como um tomate, até porque o estereótipo dele o parece, ele surtou de vez ao defender seu mestre, se tivesse sem máscara, teria cuspido em todo mundo. Há sujeitos que nascem, crescem, envelhecem e morrem sem ter jamais ousado pensar por um raciocínio próprio, são ignorantes que se satisfazem por serem manipulados por terceiros, e a turma de idiotas que defendem Bolsonaro não me deixam mentir, os cabras são leais aos princípios básicos da bajulação. A grande piada foi ver os governistas, todos de "MÁSCARA", numa clara demonstração de constrangimento, pois são seguidores do Boca Suja que é arredio ao uso da proteção. Tive que dar boas gargalhadas ao ver os indivíduos lutando com a peça, pois ao não usarem, não tinham intimidade com aquele EPI. No meu tempo de juventude, um idiota era apenas um sujeito relegado ao esquecimento, quando muito era um motivo de piadas, ele não incomodava ninguém, mas com o advento da comunicação tecnológica eles explodiram, estão por toda a parte procurando fazer barulho, pois eles só sobrevivem deles, quando mais eles provocarem ruídos, mais ignorantes e idiotas eles ficam. Assisti, atento, a instalação e a primeira reunião da CPI do Cirquê de Senadê e fiquei pensando, depois de ver as maracutaias dos governistas, quanto estavam recebendo para fazer parte do grupo de artistas circenses do Planalto, e posso acreditar que não é pouco, pois, para defender um ignorante é preciso cobrar caro. Em suas infinitas versões o espertalhão, o otário, o vigarista, o fanático, o farsante, o bobo alegre, o cafajeste, o prepotente, o gatuno, em síntese, os idiotas, eles elegem e são eleitos, escolhem e são escolhidos, nomeiam e são nomeados. Estão por toda parte sempre prontos a investir contra a inteligência, a ética e a moralidade, são especialistas em discursos vazios e recheados de inconsistências. Sabedores de que o desgoverno Boçal Naro não tem competência para gerir nem "Rinha de Briga de Galos", eles usaram de todo o tipo de sujeiras e tramoias para retardar os trabalhos, e pelo andar da carroça, vão aprontar muito ainda. É bom ficar atento, pois em se tratando de golpe baixo, eles são imbatíveis. O governo Boçal Naro veio para instalar no Brasil a "Era da Mediocridade", uma espécie em acelerada expansão e é representada no governo pelos puxa sacos, os falsos nacionalistas, políticos escrotos, gente que está pouco se lixando para o povo, pois deste povo, querem apenas o voto. Não me causará espanto se aparecer um requerimento para convocar Mala Cheia, Pedir Mais Cedo, R.R.Soares e até o Valdemiro Sandiabo, pois eles foram os mentores da ascenção de Bolsodeus ao cargo de Esculhambador da República. Foram esta laia de mercenários que, usando Deus e a igreja, jogaram está praga sobre os nossos ombros. Se está corja de "baba ovo" pensasse que há pessoas sérias, honestas, íntegras e confiáveis colocando a vida em risco em nome do nosso bem-estar. Como eles não são capazes de relativizar suas vontades e falam pelos cotovelos, é bom ficar atentos, pois eles vão fazer o que for possível e o impossível para não perderem a teta, para não serem julgados como culpados pelo desastre do governo Bolsonaro. Estamos diante de um bando de estúpidos, eles vão tentar emplacar a nova velha novela das oito na Globo, "O Salvador da Pátria", para isto vão confiscar os direitos da emissora, pois só assim vão conseguir espaço na mídia. Resta-nos esperar as cenas dos próximos capítulos, rezando para que o espetáculo não acabe em pizza.
Carlos RMS
Enviado por Carlos RMS em 04/05/2021
Código do texto: T7248268
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Carlos RMS
Ipatinga - Minas Gerais - Brasil, 64 anos
64 textos (1303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 10:01)
Carlos RMS