Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM QUAL PÁGINA VOCÊ ESTÁ NO LIVRO DA VIDA?*

No livro de suspense Morte na Praia de Agatha Christie, a autora assim define o que o Comandante Marshall achava de sua esposa: “Para ele Arlena era como uma criança que não conseguia ir além de uma determinada página no livro da vida” (p. 192).
É óbvio que o “livro da vida” que a autora se refere não tem nada a ver com o “Livro da Vida” bíblico, que todos os cristãos conhecemos. Vamos, então, refletir sobre estas duas possibilidades.
Primeira: Livro da existência terrena. O que fica claro no enredo policial é que Arlena compõe um tipo frágil, psicologicamente infantil, voltado para suas satisfações pessoais. Ela demonstra ser uma eterna insatisfeita com suas conquistas, tornando-se, em decorrência, presa fácil para os oportunistas de plantão. Daí, a conclusão do marido de que ela não avançava nas páginas do livro da vida. Ou seja, era uma pessoa imatura; uma mulher imatura.
Sobre esta constatação, tenho uma reflexão a fazer. Será que a vida tem nos ensinado através das lutas, das dificuldades, das novas experiências, do avançar do tempo e das oportunidades que se nos apresentam no dia a dia? Ou será que, à semelhança de Arlena, estamos estagnados em algum ponto do nosso passado, apesar de já não sermos mais os mesmos, não termos mais a mesma juventude, o mesmo vigor físico e nem termos mais tanto tempo disponível? Parece que alguns estacionaram o bonde de sua vida em atraente parque de diversões da infância e não querem mais de lá sair. A maturidade vem com a consciência de si mesmo, o viver com responsabilidade e o encarar os desafios da vida de forma correta.
Segunda: Livro da vida espiritual. A ideia do Livro da Vida na Bíblia sugere um livro onde se inscrevem aqueles que foram lavados pelo sangue do Cordeiro; onde todos devem porfiar por estar registrados; cujo registro de nome apresenta-se como condição sine qua non para entrar na eternidade de Deus; e possui livros complementares que trazem relatos sobre cada indivíduo que o qualificam ou desmerecem. Há várias citações bíblicas sobre o Livro da Vida. Quero transcrever apenas uma: “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras” (Ap 20.12).
Aqui temos algo sério a nos propor reflexão: podemos até não avançar o suficiente no livro da vida terreno. Pelo menos não avançar o que os outros esperam de nós e o que nós mesmos esperamos. Isso porque há alguns que sofrem distúrbios vários que os impedem de crescer. Isaías fala de loucos; mas lembra que até eles não erram o caminho santo (35.8). Mas não podemos ficar alijados do Livro da Vida. Seria fatal. Não podemos, também, ter uma escrita no Livro da Vida que não passe pelo crivo de Deus no Julgamento Final.
A vida é um livro que se escreve no dia a dia. Não deixe páginas em branco nem deixe a sua história perder o rumo ou ficar sem graça por não ter objetividade, razão de ser, progressão. Atualmente o livro da vida do brasileiro possui uma expectativa de 27.064 páginas (dados do IBGE, de 2011, que apresentam uma expectativa de vida de 74.1 anos para o brasileiro). Preencha cada página de forma correta e você se sentirá realizado quando o Autor da Vida concluir que está na hora do Fim.
Alegre-se por já ter seu nome escrito no Livro da Vida. Viva de forma a honrar a salvação que recebeu de Deus. Mas se você ainda está atrasado no livro da vida terreno, procure resolver suas questões pessoais, amadurecer no que precisa e viver uma vida de maior qualidade. Para tanto, antes de qualquer coisa é preciso crescer espiritualmente. O amadurecimento espiritual leva ao amadurecimento como pessoa. Lembre-se do que diz Pedro: “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo” (2Pe 3.18).
Que Deus para tanto nos abençoe!

_________________
(*) Josué Ebenézer. Pastor, poeta, jornalista. Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e pastor da Igreja Batista do Prado (Nova Friburgo, RJ).
Jess
Enviado por Jess em 04/04/2013
Código do texto: T4222717
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Josué Ebenézer). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jess
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
169 textos (17861 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/19 05:07)
Jess