Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estudantes, ouvintes e praticantes do amor.

E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. (Tiago 1:22-24). Aqui Tiago exorta os da época a serem mais que ouvintes, ele os exorta a serem praticantes dos ensinamentos de Jesus Cristo, ou seja, convida-os e irem além do religiosismo raso, e se tornarem imitadores de Cristo, melhor dizendo discípulos de Cristo. E está exortação chega até nós de maneira atual e vívida.

Ele faz menção a pessoa que vai a uma reunião da Igreja, que ouve ali a leitura e a exposição da palavra e ela pensa que esse ouvir já a tornou Cristã, porque cumpriu com o dever de cultuar. Mas o que age assim engana-se a si mesmo crendo que somente ouvir o que ali se lê e se diz, já é suficiente. Fechando os olhos ao fato de que o que se lê e se diz na igreja tem que ser vivido e praticado na vida diária e comum. Pois o ser Cristão está no estudar, no ir e no ser. Estudar a Bíblia em seu texto e contexto para que possamos entender os mandamentos de Cristo; ir a igreja (Eklesia), para praticar a comunhão e ouvir a palavra; e ser templo vivo (Naos) do Espírito Santo levando a onde for o praticar do amor ao próximo.

O estudo da Bíblia quando feito de forma exegética e o ouvir da palavra revela ao ser humano o que ele é e o que ele deveria ser. Pois vemos o que vai mal em nós, e aprendemos o que devemos fazer para corrigir-nos. Mas se só formos uns ledores e ouvinte superficiais, então permaneceremos tal qual somos, e todo nosso ler e ouvir será completamente inútil. Tiago faz bem em nos lembrar que aquilo que lemos e o que ouvimos no lugar santo temos que vivê-lo nos lugares comuns, porque o incomum se revela na observância do comum. De outra maneira não há finalidade alguma em estudar e ouvir.

E é sempre bom lembrar que ser Cristão é agir como Cristo em amor e verdade, este é o mais rico dever que é inculcado à pessoa no momento em que ingressa na Igreja. Pois toda ética cristã pode resumir-se com uma só palavra: Amor. Desde o momento que uma pessoa se entrega a Cristo, e formaliza sua incorporação à Igreja, ela empenha sua palavra de fazer do amor o principal impulsionador de sua vida. Alguém pode dizer: "Como posso seguir nos passos de Cristo? De que maneira posso manifestar o amor que Ele manifestou?

João responde: Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus? (1João 3:17). Ou seja, quando vemos uma pessoa em necessidade, seja no âmbito material, emocional e nós temos o bastante, dar-lhe algo do que você tem é seguir a Cristo. Fechar seu coração e se negar a dar, é pôr de manifesto que o amor de Deus que houve em Jesus Cristo não tem lugar em sua vida.

As lindas palavras nunca substituirão as boas obras; e nem toda a conversação do mundo a respeito do amor cristão poderá ocupar o lugar de um gesto amável para com o próximo em necessidade, mesmo que nos custe alguma abnegação ou algum sacrifício, porque nessa ação está operando mais uma vez o princípio da cruz. Aqui entendemos que podemos encontrar muitíssimas oportunidades para manifestar dia a dia o amor de Cristo seja num abraço, num sorriso ou num tempo que dispomos para dar atenção a alguém. Então que neste dia o Espírito Santo nos ajude a nos espelharmos em Cristo Jesus e a servimos em amor e verdade. Que o amor de Cristo Jesus seja sempre o árbitro de nossos corações.

(Molivars).
Molivars
Enviado por Molivars em 08/11/2018
Reeditado em 09/11/2018
Código do texto: T6498140
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Molivars
Arujá - São Paulo - Brasil
1039 textos (8010 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/18 03:18)
Molivars