Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MENSAGEM PARA O REINO DE DEUS
            Neste mundo tumultuado, onde os valores materiais prevalecem sobre os mais dignos valores da ética e da justiça, inteligências do mundo espiritual associadas ao Cordeiro de Deus, continuam atuando no sentido de modificar esse padrão vibratório que hipnotiza e animaliza a maioria dos nossos irmãos.
            Recebi uma informação importante através de um livro adquirido num sebo que é interessante para nossa reflexão:
            “É importante a época em que vós estais; em toda parte os obreiros da destruição se esforçam por derruir os antigos monumentos, já solapados nas suas bases; outros procuram construir novos monumentos onde se possam abrigar as almas inquietas; mas, em geral, os que destroem não se preocupam com o que deva ser substituir o que for destruído; os que tratam de construir não se mostram seguros a respeito das bases em que hajam de assentar o monumento do futuro. A vós, espíritas, é que incube reunir os materiais esparsos, escolher as pedras boas para sustentarem o edifício do futuro, eliminar cuidadosamente tudo o que do tempo tenha recebido a marca da vetustez e dispor os fundamentos do templo onde a verdade terá seus altares e donde espargirá sua luz.
            ‘Metei mãos à obra, pois que os espíritos indecisos flutuam entre a dúvida que lhes é semeada nos corações e a fé de que precisam; seus olhos nada mais podem distinguir nas trevas de que os cercaram e buscam no horizonte uma luz que os ilumine e sobretudo que os tranquilize.
            “Cumpre que essa luz lhes seja mostrada, porquanto desapareceu a confiança que depositavam nos dogmas da igreja; falta-lhes esse apoio. Apresentai-lhes o esteio sólido da nova revelação.
            “Que eles enfim reconheçam que o Cristo, a nobre e grandiosa figura que lhes foi mostrada pairando, do alto da cruz ignominiosa, sobre o mundo, não é um mito, uma legenda. Mostrai-lhes também que os véus em que o envolveram é que o roubaram aos olhares deles, não lhes permitindo ver mais do que uma forma indecisa, incapaz de lhes satisfazer à razão.
            “Mostrai-lhes a verdade naquilo que comumente se considera mentira, conforme a palavra de quem repele os Evangelhos e o que eles encerram.
            “Mostrai-lhes que os milagres, proclamados maquinalmente por uns e negados por outros sistematicamente, são atos naturais derivados do curso ordinário das leis da Natureza e cuja impossibilidade só existe na ignorância do homem relativamente a essas leis.
            “A vós, pioneiros do trabalho, cabe a tarefa de preparar os caminhos, enquanto esperais que aquele que há de vir para traçar o roteiro comece a sua obra.
            “Com esse objetivo nós, oh! Bem-amados, vimos incitar-vos a que empreendais a explicação dos Evangelhos em espírito e verdade, explicação que preparará a unificação das crenças entre os homens e à qual poderia dar o nome de Revelação da Revelação.
            “São chegados os tempos em que o espírito que vivifica substituirá a letra que produziu seus frutos, de acordo com as fases e as condições do progresso humano, e que agora mata, se mal interpretada.
            “Ponde-vos à obra; trabalhai com zelo e perseverança, coragem, atividade e não esqueçais nunca que sois instrumentos de que Deus se serve para mostrar aos homens a verdade; aceitai com simplicidade de coração e reconhecimento o que o Senhor vos dá; tende sempre nos vossos pensamentos e atos a humildade, a caridade, a abnegação, o amor e o devotamento aos vossos irmãos e sereis amparados e esclarecidos.
            “Quando todos os materiais estiverem reunidos e for chegado o momento de se tornar conhecida, de publicar-se essa obra, destinada a congregar todos os dissidentes de boa-fé, ligando-os por um pensamento comum, sereis prevenidos.
            Considero esta uma mensagem dirigida a todos nós que, cientes da existência e vontade do Pai, procuramos fazer Sua vontade, conforme sejamos capazes de reconhecer as suas sugestões espalhadas por todas as oportunidades que nos são apresentadas a cada momentos
 
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 29/09/2019
Código do texto: T6757040
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Voce deve citar a autoria de Sióstio de Lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Sióstio de Lapa
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 67 anos
887 textos (46144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/19 08:12)
Sióstio de Lapa

Site do Escritor