Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SISTEMA IGREJÁRIO II


ANALOGIA II

Em meados do século XIX iniciara-se o uso de fertilizantes químicos na agricultura. Hoje, a agricultura tida como convencional, faz uso de enormes quantidades de doses de inseticidas, fungicidas, herbicidas e adubos químicos altamente solúveis, fazendo com que os alimentos tenham baixo valor nutricional, sendo que o seu nível tóxico pode ser o responsável por muitas doenças que afetam o homem, numa escala crescente. Ademais, os agroquímicos contaminam o meio ambiente, ou seja, a água, o ar, a terra, a flora e a fauna.
Já no que diz respeito às técnicas usadas para se obter o produto orgânico implicam no emprego de compostagem, da adubação verde, o manejo orgânico do solo, e da variedade de culturas – fazendo com que o alimento seja, sadio, limpo, com alta qualidade biológica.
É possível encontrar alimentos produzidos pelo sistema agrícola convencional, isto é, que faz uso de inseticidas, fungicidas, herbicidas, e adubos, nas mais simples quitandas, mercearias, assim como em grandes redes de supermercados, coisa que não ocorre com os produtos orgânicos.
Estes produtos que se derivam de sistemas agrícolas baseados em processos naturais, e que, por isso, não agridem a natureza, mantendo, assim, a vida do solo intacta, só é possível encontrar em lugares específicos, e o preço é bem acima dos produtos produzidos com fertilizantes químicos.
Como acabamos de conferir o produto orgânico, apesar de ser sadio, limpo, e com alta qualidade biológica, não desfruta de grande popularidade, coisa que acontece com o produto produzido com fertilizantes químicos.
Nós também podemos fazer uma analogia entre esses dois sistemas agrícolas e o sistema igrejário.
Os produtos orgânicos, sadios, limpos, com alta qualidade biológica podem ser comparados aos pregadores sinceros, que de contínuo procuram pregar o evangelho simples, assim como Cristo ensinara.
Estes pregadores, assim como os produtos orgânicos – não disfrutam de grande popularidade, por isso, para encontrá-los é preciso procurar com extrema minúcia. Já os produtos cultivados com agrotóxicos e fertilizantes químicos podem ser comparados a grande maioria dos pregadores do sistema igrejário, ou seja, é possível encontrá-los em qualquer templo de esquina, em inúmeros canais de televisão (em alguns deles aparecendo mais chuviscos do que imagens), e em muitas estações de rádios, revistas, jornais, etc....
É claro que nem todos os pregadores que fazem uso dos meios de comunicação apregoam doutrinas errôneas. Uma pequena minoria prega, deveras, o evangelho verdadeiro. No entanto, a grande maioria tenta satisfazer os seus desejos carnais – fazendo de tudo para se tornar um pop star religioso, e para isso procuram agradar os homens e não a Deus, fechando, assim, a porta do Reino do Céu para os outros, não entrando e não deixando entrar os que estão querendo entrar.



Fragatta
Enviado por Fragatta em 02/10/2019
Código do texto: T6759492
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Fragatta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 49 anos
16 textos (12503 leituras)
4 e-livros (240 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 23:48)
Fragatta