Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁGUA E  VIDA- Izabel Eri Camargo
         A água é um dos principais elementos da natureza humana e da natureza da própria Terra. Ela é fundamental em nossa vida e saúde. Segundo o Dr. Márcio Bontempo, oitenta por cento do organismo humano é composto de água e sua reposição é vital para ele. Encontra-se nesta teoria a justificativa referente à recomendação pelos profissionais da saúde, de que é necessário ingerirmos dois litros de água ao dia. O ideal é beber água meia hora antes do desjejum e entre as refeições A medicina tradicional da Índia considera a água como um dos elementos da natureza que possui um tipo de energia vital chamada prana; esta é encontrada também na terra, no ar, no fogo, no sol e no éter. Entre as qualidades do prana está a capacidade de energizar o organismo. Quanto mais pura a água que ingerimos, tanto melhor será a qualidade de vida biológica. A água pura ingerida tonifica e limpa o organismo, a partir de suas propriedades depurativas e diuréticas, ela faz uma drenagem das impurezas. Estimula os rins a eliminar os ingredientes agressivos ao metabolismo. A água para beber pode ser utilizada na forma mais pura, que é a destilada; ela é composta somente por dois átomos de hidrogênio, ligados a um átomo de oxigênio – a famosa fórmula da água: H20. Não há interferência de outros componentes, como os sais de enxofre, de sódio, de magnésio, e de sílica; ampliam-se, assim, os efeitos diuréticos e depurativos. A água destilada apresenta vantagens no tratamento de várias doenças, mas deve-se atentar para a principal desvantagem, que é a retirada do oxigênio livre e da energia vital (prana). Isto ocorre devido ao processo de aquecimento da água exigido para a destilação. Neste caso, perde-se a capacidade de recuperação dos órgãos e aparelhos doentes, bem como a oxigenação dos tecidos de todo o corpo. Devido a problemas relacionados à água da torneira, como: permanecer muito tempo em reservatórios dos centros de tratamento nos edifícios e residências, bem como a presença de elementos prejudiciais à saúde, surge a recomendação do uso de filtros de boa qualidade.
        Algumas considerações sobre a água mineral originada de fontes medicinais são importantes. Os efeitos terapêuticos deste tipo de água estão na grande quantidade de energia vital proveniente do oxigênio livre. Estas águas contém radioatividade natural em pequenas quantidades e compostos como sulfatos, nitratos, cloretos, bicarbonatos mesclados com sódio, potássio, alumínio, ferro e cobre, entre outros. De acordo com o princípio ayurvédico, a água transfere a energia ao organismo que a recebe.  Porém, a água engarrafada perde sua capacidade curativa. Há casos em que as pessoas permanecem em estâncias hidrominerais para tratamento sob orientação médica, com utilização também de banhos de imersão. Independente dos banhos indicados para a saúde, torna-se relevante verificar as vantagens do banho diário, ele é muito mais que um hábito de limpeza. O banho em água morna ou fria ativa a circulação da pele, causando uma dilatação periférica o que permite uma descarga de toxinas do sangue. A higiene faz-se em dois aspectos: a hidroterapia externa e interna. É importante evitar-se banhos muito quentes e alguns tipos de sabonetes que, pela ação detergente, retiram a olioginosidade invisível da pele, rica em vitaminas importantes, entre elas a vitamina “D”. Como o efeito do banho quente é relaxante, é melhor banhar-se à noite, quando necessário. Além do uso rotineiro da água, há prescrição médica, em casos especiais. Assim, existem indicações de duchas quentes, frias, temperadas e banhos parciais como se observa no tratamento com fisioterapia. É comum a indicação de compressas com gelo (crioterapia) ou com água quente em algumas regiões do corpo, quando apresentam alguma dor. As virtudes da água do mar, conhecidas por Hipócrates, foram exploradas no final do século XVIII pelo francês René Quinton, pois a água do mar é rica em distintos sais minerais. Esses sais perpassam a pele, desde que a água esteja em uma temperatura em torno de 32ºC e que a pessoa permaneça nela, por doze minutos, no mínimo. O Brasil está entre os países mais ricos em estâncias hídricas, porém a escassez desse bem ameaça o mundo. Cabe a todos o dever de racionalizar o uso desse bem que, como o ar, é indispensável á vida no Planeta.
Para onde vai a água - porcentagem localização
" 55 % No interior das células
7,5 Plasma sanguíneo
20%linfa – espaço entre as células
2,5%líquido cerebrospinal (circ.o cérebro e a med.esp.) fluido dos olhos e d/ouvidos.
7,5%nos ossos
7,5% "No tecido conjuntivo (separa, protege, sustenta os órgãos do corpo)"
BONTEMPO, Dr. Márcio. Medicina Natural. Nova Cultural  Ltda. São   Paulo, 1992.     
Izabel Eri Diehl de Camargo professora universitária, pedagoga, escritora e poeta, residente em Porto Alegre/RS. Acadêmica/RJ; Membro da Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves, Porto Alegre/RS; da Academia de Letras, Artes e Ciências do Brasil/MG. Integra: o Cercle Universel des Ambassadeurs de La Paix Genève-Suisse/France; Pertence à Sociedade Brasileira de Poetas Aldravianistas, Marina/MG; a Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture, Paris/France - Membre ’Honneur...
www.caminhosdavida.prosaeverso.net
 In: Revista Acadêmica, Rio de Janeiro, RJ.
 
 
Izabel Camargo
Enviado por Izabel Camargo em 24/03/2015
Reeditado em 24/03/2015
Código do texto: T5181928
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Izabel Camargo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 87 anos
508 textos (18511 leituras)
5 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 16:19)
Izabel Camargo

Site do Escritor