Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
*** A cidade volta ao normal,
acaba a greve patronal/rodoviária. ***
 
     Enfim a greve dos rodoviários chegou ao fim, depois de três dias de muito perrengue e sem o governo entrasse em campo pra apitar o jogo parece que tudo acabou em paz, o prejuízo mesmo ficou com a população, ou seja, todos pagaram a conta mais uma vez. Agora todos podem ter a certeza que a tarifas vão ter aumento e os patrões vão ter mais uma vez reajustes nas tarifas técnicas e vão ser superior ao aumento repassados aos rodoviários.
     Quem viver verás, porém, o governo nega esse aumento, será que dar pra acreditar, pra quem prometeu mediar os acordos entre rodoviários e empresários, antes das eleições???  Pelas contas do secretário, Carlos Tomé, o governo paga atualmente R$ 40 milhões por mês as empresas, e que acrescenta entre R$ 10 milhões e 15 milhões com gratuidades, no passa livre estudantil, mais as passagens a idosos e deficientes. 
     Os empresários bem que poderia também fazer o transporte social, transportar idosos e deficientes sem que o contribuinte pagasse por isso, afinal essas linhas são concessões públicas, seria uma contrapartida.
Sei que nem todos podem concordar comigo, pra mim essa greve dos rodoviário de Brasília foi uma greve tipicamente patronal, não se rodou nenhum ônibus das empresa que ganharam as licitações, que diga de passagem pra lá de suspeita, pois até o ex-governador Arruda na campanha disse que iria fazer nova licitação, até a Câmara Legislativa criou uma CPI pra investigar o caso.
     Os empresários usam de todos os artifícios, não respeitam ninguém, o que vale é o lucro, se é data-base tem de conversar, se é uma concessão pública o governo tem que mediar as negociações, não é ficar na tribuna de honra, tem que descer a campo e apitar o jogo, dizer a que veio.
     Será que agora o sindicato e o governo vão achar um tempinho para negociar com os servidores rodoviários da TCB, ou será, que vai ficar na tribuna de honra deixando o tempo passar e nos vencer por WO. É data-base minha gente a pauta já foi entregue, queremos a mediação do GDF, referência 20 já pra todos.
     Desejo deixar aqui registrado que nesses três dias de perrengues, somente a TCB, rodou, quero agradecer a todos pelo empenho e o carinho, estamos sim mais uma vez carregando a empresa nas costas, e muita das vezes não somos reconhecidos por isso, mas agora as coisas estão mudando, já vi alguns reconhecimentos em nosso Jornal “A NOSSA TCB”. Que DEUS nos ajude nessa peleja, para que possamos sair vitoriosos. Até lá, até a vitória!!!
 
Trecho sublimado fonte:
Jornal na hora H!
Brasília, terça-feira, 06 de junho de 2015.
Ano – 8 Nº 2427.
google+jornalnahorah
 
*************************

José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
Ceilândia/DF.
Quinta-feira, 11 de junho de 2015 – 10:57.
 
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 11/06/2015
Código do texto: T5273448
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1920 textos (183056 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/21 12:23)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA