Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Futuro preocupante

Preocupado – e pessimista – vi um estudo do IBGE sobre pobreza no Brasil. Entre 2016/2017 houve aumento do número de pobres.
São cidadãos (ãs) sobrevivendo com renda de até R$ 406/mês. Esses, considerados na linha da pobreza, devem fazer “das tripas coração” para não serem aniquilados.
Triste realidade.
Outros recebendo R$ 104/mês. Estes certamente têm ajuda de Deus para não desfalecer.
Com isso os ricos estão mais ricos – é a velha concentração de renda. Creio que a matemática seja esta: quando alguém empobrece, alguém enriquece.
Como disse Karl Marx – “A riqueza é um roubo”. Tudo o que você se apropria é tirado daquele que precisa.
Se todos usassem apenas o que precisam não faltaria a outros. Mas, infelizmente, será bem complicado mudar a realidade. Tenho pra mim que nesse ritmo, de plena ganância, fica cada mais difícil reverter esse quadro, cruel, nefasto, indigno, imoral, para uma nação bem situada no ranking dos países mais ricos.
Resta aos de bom coração partilhar o que têm.
Não sei bem se somos a 8ª ou 9ª maior economia do planeta. Nem sempre país rico é país justo.
Os brasileiros não merecem tal castigo. Isso porque somos extremamente religiosos, tementes a Deus e a Jesus.
Nas cidades temos uma igreja em cada esquina.
O cerco capitalista sobre o povo parece avançar, em todo o mundo. Governos de extrema direita, a exemplo daqui, se unem para retirar direitos dos trabalhadores e aposentados. É a ideologia do corte de gastos, de que os custos com o cidadão estão muito altos.
Vejo a chapa esquentando, devagarzinho. Lentamente.
Estamos sendo fritados. Mas a ideologia não nos dá chance de contestação. Estamos paralisados, aceitando tudo calados.
Alguns (da parte de baixo da pirâmide, da ralé) até concordam com esses abusos. Com se dizia antigamente, neste mundo tem bobo pra tudo.
Se juntam para implantar a revolução final – fazer o povo produzir, com os menores custos, para sustentar a burguesia.
Imagino, também, que a situação caminha para – não sei determinar o tempo – a chegada das profecias do Apocalipse.
Ouvi falar que uma nação deste mundo terá a supremacia sobra as demais. Aí entra o Anticristo, Satanás.
É ele quem regerá esse poderoso país. As pessoas terão um sinal na testa – dizem que será um chip implantado no corpo humano – e assim serão controladas.
Bem, o Apocalipse prevê a última guerra, o Armagedom. Guerra entre as milícias celestes e as milícias do mundo (de Lúcifer).
Cristo, sobre o fim dos tempos, diz que “os poderes do céu serão abalados”. Pode ser esta batalha final, o Armagedom.
Voltando ao momento atual percebemos o crescimento da miséria, do ódio, da intolerância, e outros males.
Hoje o embate entre China X EUA vem se acirrando. Por enquanto uma briga comercial - e também ideológica.
Os dois desejam manter a hegemonia, lutam para não serem dominados.
O Brasil tomou partido em favor dos EUA. Não sei bem, mas há quem diga que os Estados Unidos serão a nação suprema. A que vai liderar o conflito contra os céus.
Apenas uma suposição minha - posso estar errado.
Outros dizer ser a China. Tenho pra mim que haverá uma guerra mundial – a 3ª. E boa parte da humanidade irá sucumbir, desaparecer, com os ataques nucleares.
Especialistas garantem que com mais bocas para alimentar a situação ficará dramática. Alguns contestam tal hipótese.
Que as religiões tenham maior participação no equilíbrio do planeta, conduzindo as pessoas à paz, solidariedade, compreensão, discernimento, longanimidade. E amor, principalmente.








Salatiel Hood
Enviado por Salatiel Hood em 06/12/2018
Reeditado em 07/12/2018
Código do texto: T6520633
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Salatiel Hood
Belém - Pará - Brasil, 63 anos
93 textos (1595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/18 10:45)