Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resenha: Coringa

O filósofo Henri Bergson [1859-1941] escreveu “O riso”, em 1899, para falar sobre a experiência do riso na vida em comum. Para ele, o homem é o único animal que ri e faz rir; e o faz para corresponder a uma certa exigência da vida em comum.

O riso serve como parâmetro da nossa civilização. Há lugares e não-lugares para rir. Ninguém riria no enterro da própria mãe. Condenaríamos o autor do riso em tal contexto. Por outro lado, rimos de um humorista quando o contexto nos permite sorrir. Ou rimos de alguém que tropeçou numa pedra e caiu. Quem nunca riu que atire a primeira pedra!

O personagem de “O Coringa”, filme estrelado por Joaquin Phoenix, revela o lado sombrio do riso. O Coringa ri de tudo – quando pode ou não. O riso, no caso dele, é patológico e é acionado sob estresse e frustração.

O mundo não é um lugar tão alegre para o Coringa.  Sua mãe apanhava do marido e enlouqueceu. O pequenino Arthur Fleck apanhava junto e sofreu traumatismo craniano. O menino cresceu com vários problemas psicológicos. Internado em um sanatório dependia de remédios controlados para não enlouquecer. Trabalhava como palhaço e foi demitido por carregar uma arma enquanto se apresentava para crianças. Sonhava com o dia em que seria um famoso comediante de stand up comedy, ou que conseguiria um encontro amoroso com a vizinha, mas nada acontecia em sua vida. Arthur acumulava frustração, rejeição e impotência. Uma frustração que só aumentava após não receber seus remédios controlados do governo.

No fim, o Coringa se apresenta em um famoso talk show, põe a culpa no sistema, entre o que é certo ou errado, entre o que tem graça ou não. E então, com fúria atira no apresentador e desencadeia um rastro de saques, vandalismo e violência na cidade de Gotham City. Entre os mascarados, o Coringa se torna um vingador. Alguém que não obedece a justiça ou segue as leis. Alguém que faz “justiça” com as próprias mãos. Um vingador dos fracassados, frustrados e impotentes.
cmocelin
Enviado por cmocelin em 07/10/2019
Reeditado em 07/10/2019
Código do texto: T6763160
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Carlos Mocelin). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cmocelin
Colombo - Paraná - Brasil, 38 anos
7 textos (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 03:06)
cmocelin