Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Queria saber?

Onde existe a lógica do encantamento, e até quanto esse encantado pode resistir?

Dizem que existe exuberância nata em cada ser, mas tem nascer apto a isso. O charme na divergência e o natural, não precisamos ser forçados a nada, mas precisamos ser muito sensíveis para isso, e ter requisitos básicos ou seja: - sentir, tocar e perceber, tua alma agir dentro de ti, instigar teu próprio eu.

Caminhar sem ser agressiva, ou forçada, prestando atenção na voz de teu corpo, na música que acompanha teu caminhar, deixe fluir em você tudo, que sentes ao teu redor, o que lhe é peculiar no dia-a-dia,
Onde vives, um simples caminhar na areia, passos a passos, como se estivesse a pairar sobre nuvens sentindo a água, o sol, o mar e teu som, a borbulha sob teus pés.

Isso à torna sensível, delicada, e em comunhão com teu meio e a natureza, estarás famosamente fazendo-se presente sem ser forçada, mas perceptível a quem a observa, e a tua alma.
Em qualquer lugar ou situação, poderá dar o melhor de si, ou em lugres distintos, não importa o meio, importa que exerça sempre a tua feminilidade, a pose para uma foto, jantar com amigos, enfim muitas situações do seu cotidiano, tendo, classe, charme e beleza, e assim será simplesmente mulher, admirada e seguida por olhares masculino e de todos.

Aproveite o que tem, e onde vive, até mesmo em meio a transito, caminhado por pedestre em Selva de Pedra, você é mulher e nasceu para encantar e ser encantada, sem se preocupar com o "Ser", mas sendo natural, feminina, delicada, sutil.

Esse meu ato de escrever sobre nas mulheres, você, mulher é apenas uma forma de contribuir para nunca deixar de ser o que sempre fomos, mas o mundo atual nos coloca com agressividade a outras obrigações e acabamos por esquecer o nosso real papel: - Ser mulher, linda, feminina, exuberante, "Chame" em pessoa!

Mas não se esqueça, inteligência é fundamental, e você tem por onde ser!

Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
Recreio dos Bandeirantes
Rio de Janeiro
Dia,12 de Dezembro de 2008
lindamulher
Enviado por lindamulher em 12/12/2008
Reeditado em 25/03/2009
Código do texto: T1331567
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 60 anos
1618 textos (136963 leituras)
3 áudios (353 audições)
4 e-livros (305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 16:47)
lindamulher