Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PEDOFILIA É CRIME E DÁ CADEIA

          A pedofilia é uma psicopatologia, um desvio no desenvolvimento da sexualidade caracterizado pela opção sexual por crianças e adolescentes, de forma compulsiva e obsessiva. O pedófilo é na maioria das vezes um indivíduo que aparenta normalidade no meio profissional e na sociedade em geral. Para atender seus impulsos ele pode atuar na própria família ou na sociedade.
          O abuso sexual intrafamiliar é a forma mais comum de atividade do pedófilo. Quem pratica o abuso sexual é uma pessoa que a criança conhece e confia e freqüentemente ama, ou seja, pai, padrasto, avô ou tio, ou ainda outras pessoas que gozam da intimidade da família.    Ele ocorre em todos os países do mundo, em todas as classes sociais, geralmente não deixa marcas físicas, já que é praticado na maioria das vezes sem uso da força, com sedução e ameaças. Dois personagens fazem parte do quadro: a criança ou o adolescente vítimas e o pedófilo, abusador e doente. O abuso sexual intrafamiliar pode deixar marcas na criança, com repercussões na vida adulta em relação à socialização e à sexualidade. Freqüentemente o pedófilo foi também uma vítima de abuso sexual na infância. Por outro lado, o abuso sexual intrafamiliar, especialmente nas classes sociais menos favorecidas, é uma porta de entrada para a prostituição de crianças e adolescentes.
          Muitas vezes a adolescente que se permite ser prostituída, foi abusada dentro de casa e às vezes até tendo como resultado uma gravidez. A exploração sexual comercial de crianças e adolescentes é outro tipo de abuso sexual. Aqui, três personagens participam: além da criança ou adolescente e do abusador, pedófilo, o intermediário, o aliciador, o criminoso que lucra com a venda do sexo de crianças e adolescentes.
          No mundo inteiro há um forte movimento por parte das organizações internacionais tais como a UNESCO e instituições voltadas para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes, além dos governos, para combater essa forma de violência. Apenas para citar exemplos mais atuais, lembramos a prática cada vez mais freqüente de divulgação de pornografia com crianças e adolescentes na Internet, para a satisfação virtual sexual de pedófilos assumidos ou enrustidos. Ainda em relação à Internet há uma preocupação geral em modificar legislações internacionais para impedir tal prática.
          Congressos, seminários e encontros a respeito do abuso sexual contra crianças e adolescentes e de como enfrentar o problema, ocorrem em todos os países do mundo há pelo menos vinte anos. No Brasil faz parte do Programa Nacional de Direitos Humanos o combate ao abuso sexual e exploração sexual de crianças e adolescentes. A ABRAPIA (Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e Adolescência), com sede no Rio de Janeiro, operacionaliza o telefone de denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes, nacional, gratuito e sigiloso.
LIGUE E DENUNCIE : 0800 99-0500.

* Publicado pelo autor no Jornal Chico em 19.01.2006. para ler mais textos do autor acesse: http://www.webartigos.com/
Heráclito Ney Suiter
Enviado por Heráclito Ney Suiter em 11/07/2009
Reeditado em 20/07/2009
Código do texto: T1693556
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Heráclito Ney Suiter
Gurupi - Tocantins - Brasil, 53 anos
118 textos (61643 leituras)
14 e-livros (2133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 06:40)
Heráclito Ney Suiter