Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Atropelador Covarde. =Indignação=

O sujeito que atropelou o grupo de ciclistas em Porto Alegre alega ter ficado em pânico e ter fugido para não ser linchado. Mentira. O que ele queria era matar. Se ele quisesse simplesmente fugir de um perigo real e eminente teria saído buzinando, acelerando com o pé na embreagem, enfim, fazendo muito barulho para que os inocentes à sua frente tivessem um mínimo de possibilidade de defesa. Não foi isso que ele fez. Simplesmente acelerou loucamente e foi atropelando quem estava à frente de sua potente arma de quatro rodas. Pessoas que não tiveram a mínima chance de defesa. Praticou o cúmulo da covardia em um momento de extremo cagaço e fez um papel mais do que indecente na presença de seu filho menor de idade. Enfim, um tipo asqueroso que merece todo o repúdio da sociedade e todo o peso da Justiça em cima dele. Já vi muitos atos de covardia em minha vida, mas este superou todos dos quais me lembro. O que ele fez equivale a dar tiros de metralhadora dentro de um cinema lotado pelo simples fato de se sentir ameaçado por alguém com um canivete na mão. Cagão nojento! Que seu filho venha a ter vergonha dele e que o despreze como ser humano, pelo desrespeito que demonstrou pelas vidas alheias, são os meus sinceros votos.
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 01/03/2011
Código do texto: T2822285

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 74 anos
1392 textos (242007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 22:16)
Fernando Brandi