Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recomeço




E então? Tudo tem passado muito rápido, não é mesmo? Primavera, verão, outono e inverno, dá-se a impressão de que as estações do anos voam. Passou-se o carnaval e a bebedeira, foi-se a quaresma e com ela os cabelos e as barbas por fazer, foram-se também os ovos de chocolate. Passamos pelas bombas juninas, mas esbarramos na França, vimos novos escândalos, fomos para as urnas, mas não fizemos mudanças. Tudo parece permanecer absolutamente igual ao que era antes.

E então? Tudo tem passado muito rápido, já estamos em dezembro! E o que você fez? O que nós fizemos para nos tornarmos pessoas melhores, o que fizemos para tornarmos nossa vida melhor? Vamos mais uma vez esperar pelo ano novo? Vamos mais uma vez esperar que os outros tomem a iniciativa? Não podemos esperar por uma hora marcada para o recomeço, para uma reciclagem completa de corpo e mente.

Lógico, que a cada dia que passa, procuramos ser melhores. Lógico que queremos mudança. Mas sem ação não há reação, não adianta só esperar, esperar e esperar, não adianta só orar, orar e orar. É preciso planejar! É preciso vontade! É preciso querer! É preciso disciplina! É preciso ação!

Podemos começar nossa mudança, vivendo intensamente cada instante, assim estaremos sempre nascendo de novo. Podemos começar pelas nossas dúvidas, devemos saná-las, todas, devemos crer mais, acreditar mais. Podemos começar fazendo uma criança feliz, essa é a melhor maneira de se formar um adulto e de se planejar o amanhã.

Podemos começar pelas nossas mentiras, riscá-las definitivamente do mapa e transformá-las em verdades e as verdades não devem ser ocultadas, ela é o que temos de mais precioso. Podemos começar eliminando nossa ignorância, que anda de mãos dadas com o preconceito. Podemos começar abandonando nossas manias e nossa velhice, mas não a velhice do físico e sim a do espírito que é a que realmente nos torna pequenos e imperfeitos.

Podemos começar agradecendo, agradecendo pelo sol, pelo ar, pelas estrelas e por tantas outras maravilhas do mundo, na verdade podemos começar melhorando a nossa capacidade de observar e sentir as coisas. Podemos começar agradecendo pelo nosso lar, pelo fantástico alicerce chamado família, podemos começar agradecendo por termos um pai, uma mãe ou ainda por sermos alguém, cuja a responsabilidade é orientar uma outra pessoa. No peito de um filho sempre vai bater o coração de um pai.

Podemos começar, encontrando mil razões para viver e atravessar a nossa jornada sem reclamar, mesmo que seja rio a cima. Podemos começar mudando nossos olhos, banindo a velha catara que nos impede de vermos o sol nascer e assim passarmos a ver as coisas de outra maneira. Mudar é sempre necessário. Ver as coisas com os outros olhos é não ter medo de participar de novas experiências, descobrir novas delícias, descobrir que a novidade não doe.

Há muitas maneiras de começarmos nossa reforma, nossa melhoria íntima, porém, nenhuma delas será eficaz sem a adição do amor.

Amigo leitor, lembre-se, que o amor é o maior arquiteto do universo, sem ele nada somos, sem ele não há recomeço.

Reginaldo Cordoa, futuro Administrador de Empresas e Apaixonado pela Vida.
06/12/2006

Reginaldo Cordoa
Enviado por Reginaldo Cordoa em 06/12/2006
Código do texto: T311121
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Cordoa
Matão - São Paulo - Brasil, 48 anos
95 textos (23590 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 18:05)
Reginaldo Cordoa