Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um pouco de mim

No ano de 2005 eu entrei numa depressão por problemas familiar, encontrei navengando o site Recanto das Letras.com.br,foi aí surgiu a idéia de escrever, colocar na tela do computador tudo que sentia, o que queria o que imaginava, embora ja escrevesse antes mais apenas em papél, descobrindo o site resolvi transferir para rede tudo que a minha mente continha.

Na época eu precisava muito desabafar, mas como sempre fui fechada e não me abria com pessoas passei escrever, achei que seria melhor forma de colocar para fora tudo que eu sentia e foi assim que saí da depressão sozinha e sem precisar de remédios ou médico.

Escrever para mim é colocar para fora o fica preso, eu não consigo guardar e também não consigo dizer com palavras o sentimento que instala, seja raiva, amor, saudades, tristeza e até mesmo dor.com isso nasceu na época de abertura da minha pagina o Nicname de lindamulher, esse que uso no Recanto das Letras, hoje assino mais como Cláudia Franco tenho no recanto das letras mais de 1404 obras escritas e registradas em meu nome, com mais de 123 387 leituras, isso define o que um momento de depressão fez comigo.

As vezes sou criticada quando escrevo um desabafo que não devo expor meus sentimentos numa Rede Social para não gerar comentários ou inveja ou até mesmo o gostinho nas pessoas que não gostam de mim, mas eu estou escrevendo tudo isso para dizer que eu faço de melhor na minha vida é escrever, e isso faz com que eu sinta melhor.Quando por exemplo eu Chuto literalmente o Pau da Barraca e jogo para fora tudo que meu coração e minha alma sente, e confesso nem sempre ela está de bem com a vida diante das situações.

Eu sou poeta porque gosto de desabafar sentimentos em versos, quando estou triste, como hoje,alegre como outro dia, amando como a muito tempo atras e por aí vai. Como calar os dedos num teclado quando um coração sente?Como deixar passar uma raiva quando você não consegue dizer com todas as letras face à face para pessoa?Eu não posso!

Por isso não se assuste quando eu jogar aqui ou nos meus sites um desabafo,quebrar o Coco como diz o dito popula.


Eu sou poeta,escritora e o dia na minha vida que eu deixar de escreveré porque eu já não pertenço mais a este mundo, mas daí quem sabe eu vá para outro mundo etério,inspirar outros escritores aqui na terra, porque um poeta e um escritor não morre ele é eterno e imortal na sua obra deixada.

Um poeta nesta vida, com certeza na outra será também!


Aqui está um pouco de mim, desculpe o meu mal jeito e dizer algumas coisas mas
Enquanto os meus dedos puderem dedilhar o teclado deixarei a minha marca nas redes sociais e nos meus sites



Cláudia Franco
Itirapina, 15 de Dezembro de 2013/SP
lindamulher
Enviado por lindamulher em 16/12/2013
Reeditado em 16/02/2014
Código do texto: T4613907
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 60 anos
1618 textos (136963 leituras)
3 áudios (353 audições)
4 e-livros (305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 19:03)
lindamulher