Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Pratique esta simples experiência e amplie sua capacidade de compreensão da Língua Inglesa quando produzida por falantes nativos.

Em aprendizagem de idiomas, alguns que entendem melhor do que falam. Outros, falam mas não conseguem entender. Se você pertence ao segundo grupo, este artigo lhe poderá ser útil.

Já parou pra pensar por que você não entende quando um estrangeiro fala ‘muito rápido’? Simples: por não conseguir identificar onde termina cada palavra.

Ao falarmos em nosso idioma nativo costumamos aglutinar as sílabas entre uma palavra e outra. Imagine a primeira frase do parágrafo anterior pronunciada da seguinte maneira:

Japa / roupra / pensarpor / quevo / cênãoenten / dequan / doumes / trangeirofa / lamui / torá / pido?

Viu? Uma simples alteração na divisão das sílabas altera o sentido das palavras a ponto de desprovê-las de sentido.

Na aprendizagem de uma segunda língua, é imprescindível que se aprenda o mais breve possível a identificar onde termina cada palavra! Mas como fazê-lo? Deixe-me exemplificar com uma história real:

Certa vez, fui chamado às pressas para substituir uma professora que havia faltado.

Naquela classe de cinco alunos, uma aluna me chamou a atenção em particular por seu notável interesse em aprender. Pelo uniforme, percebi que trabalhava na secretaria do curso.

A aula fluía naturalmente... Toquei um CD, e fiz perguntas de acompanhamento. Eles me pareceram um tanto confusos. Um deles cochichou com o colega: "Inglês é difícil, né?"

Percebendo a preciosidade do momento para derrubar esse mito, toquei de novo o mesmo trecho por mais três vezes.

"Caramba, agora a gente já entende!"

"Pensei que você tivesse trocado de faixa. Tá fácil de acompanhar!"

Nem consigo descrever o que senti.

Convidei-os a que fizessem o mesmo com o restante do CD e seguimos em frente.

Terminada a aula, tive aquela agradável sensação de um serviço bem feito.

Enquanto saía da sala, notei algo diferente com uma das alunas. Estava sozinha no corredor. Tremia.

Chamei-a pelo nome. Ela virou-se, com as lágrimas a escorrer-lhe pela face. Fiquei surpreso:

"O que foi? Eu disse alguma coisa errada?”

“Foi uma coisa que você disse sim, mas nada de errado. As palavras que você falou... Pela primeira vez alguém me fez acreditar que eu posso falar Inglês!"

Fiquei sem palavras.

Ela foi lavar o rosto. Desci as escadas, tentando segurar as lágrimas...

Para experimentar o mesmo processo, escolha um arquivo de áudio sobre um tema de seu interesse (ou mesmo uma música) e procure ouvi-lo vez após vez. Aposto que, quando menos esperar, estará cantarolando a melodia sem ao menos perceber.

(Se você mora na Região Sul Fluminense - RJ, agende uma aula demonstrativa. Posso demonstrar este método pessoalmente...)
Charlles Nunes
Enviado por Charlles Nunes em 05/11/2007
Código do texto: T724609
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charlles Nunes
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
99 textos (242268 leituras)
17 áudios (3466 audições)
5 e-livros (58057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 01:28)
Charlles Nunes