Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando eu era garoto, estudava à tarde. Pra chegar ao colégio, tinha que atravessar a cidade.

Durante o almoço, perguntei ao meu pai se ele  tinha algum dinheiro para que eu fizesse um lanche à tarde. Pela expressão de preocupação dele, eu soube que ele não tinha.

Começamos a comer – todos em silêncio –  enquanto ele procurava uma solução para aquela situação embaraçosa. (Como pai de 4 filhos hoje em dia, posso imaginar seus sentimentos...)

Terminado o almoço, ele já tinha uma resposta:

Vamos  lá, garoto! Vou te levar de bicicleta.

Feliz da vida, montei na garupa. Fomos batendo papo – sentindo aquele ventinho no rosto, aproveitando a companhia um do outro.

Ele parou próximo à escola. Havia um escadão a subir.

Agora é contigo. Você vai ter que subir sozinho.

Agradeci com um sorriso e já estava virando as costas, quando ele gritou:

Filho! Sabe porque eu te trouxe aqui?

Eu não tinha mínima idéia. Acenei com a cabeça.

Eu te trouxe aqui pra... pra você guardar o dinheiro do ônibus. Agora você já pode comprar sua merenda...

E depois de tomar um fôlego, conseguiu finalmente desabafar:

Eu te trouxe aqui porque te amo.

Após esta grande confissão ficamos os dois sem palavras. Nossos olhos se umedeceram. Fiquei tão feliz que subi o escadão correndo.

O pensamento sobre a merenda já não me preocupava mais... Tudo o que eu queria era saber mais sobre o sentimento que havia acabado de experimentar.

Em outras palavras, eu queria aprender mais sobre o que era o amor.


• ENGLISH VERSION - What Daddy Taught Me About Love

When I was a boy, I studied in the afternoon. To get to school, I had to cross the whole city.

At lunchtime, I asked daddy if he had some money for a snack in the afternoon. By his concerned expression, I knew he didn’t.
 
We started eating – silently – while he tried to figure out a solution for such embarrassing situation. (As a father of 4 nowadays, I can imagine his feelings...)

As we finished the meal, he came up with that:

Let’s go, boy! I will take you by bicycle.

Excited, I got on his bike. Feeling that breeze in our faces, we were just chatting, enjoying each other’s company.

He stopped close to the school. There was a big stairway to climb.

Now it’s your turn. You’ve got to climb it on your own.

I thanked him with a smile and was already turning back when he shouted:

Son! Do you know why I’ve brought you here?

Having no idea what he meant, I just nodded.

I’ve brought you here to... to save you the money of the trip. Now you can have your snack...

He took a deep breath, and bared his heart at once:

I’ve brought you here because I love you.

After such confession, we were both speechless. Our eyes got wet. Overflowing with happiness, I climbed the stairway.

The thought of the snack was not concerning me anymore... All I really wanted was to know more about the feeling I had just experienced.

In other words, I wanted to learn more about the meaning of love.

Este texto é parte integrante do livro ‘Aprenda Inglês em Casa’, que pode ser adquirido na seção Livros à Venda.

Artigos relacionados:

Mulheres de Aço
Nunca Pare de Estudar

Charlles Nunes
Enviado por Charlles Nunes em 07/11/2007
Código do texto: T727193
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charlles Nunes
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
99 textos (242336 leituras)
17 áudios (3466 audições)
5 e-livros (58068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:45)
Charlles Nunes