Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sálario


Durante trinta dias trabalhamos
E suamos pra conquistar nossas metas
Esforçamos-nos em busca de realçar
Nossos méritos e  conquistas
Atribuímos sim, e nos concretizamos de que somos.
Fonte de um mundo capitalista e desigual
Durante trinta dias o trabalho e exaustivo
Mas reconhecemos que sem ele não temos objetivos
Ai nos vem em pensamentos que o salário
Pois, mas mínimo que ele seja.
É o nosso sustento que esta em jogo
Com ele nos alimentamos mal ou bem
Vivemos ou vegetamos?
Pagamos contas ou deixamos atrasar?
Compramos remédio e a cesta Básica
A economia nos ajuda a crescer
O desperdício leva-nos ao desespero,
Mas esse é o mínimo que temos.
O País o qual vivemos é desigual e cheio de corrupção
Enquanto poucos têm muitos, muitos têm tão poucos.
Esse é o salário mínimo.

(Edivan Farias_ Salário)

Poeta da Zona Leste
Enviado por Poeta da Zona Leste em 12/11/2007
Código do texto: T734802

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta da Zona Leste
Manaus - Amazonas - Brasil, 40 anos
81 textos (9559 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:30)
Poeta da Zona Leste