Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CPMF e o Senado Federal

 

            O tom da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) está aumentando a medida se aproxima o dia da votação no senado. O governo sabe que está encurralado, pode ser derrotado e assim, está muito preocupado e começa a atirar para todos os lados chegando a dizer que, quem deseja a extinção da CPMF são os sonegadores de impostos.  Enfim dizendo que ¾ da população brasileira são sonegadoras, pois em pesquisa recente diz que 67% da população é contra a continuidade deste imposto.

            Os senadores oposicionistas e alguns aliados do governo estão demonstrando uma atitude de civismo e patriotismo ao enfrentar o governo em não abrir mão, nem ceder a pressão, inclusive denunciando praticas de tentativas de compra de senadores através de liberação de emendas.

            Os argumentos dos governistas cada vez caem mais por terra por ficarem se contradizendo toda às vezes em seus discursos. Muitos deles chegam a ofender a inteligência das pessoas quando dizem que quem paga CPMF são somente os ricos. Todos sabem que este é um imposto mais perverso que há, pois é de efeito cascata e toda linha de produção, serviços inclui este imposto em suas planilhas de custo acrescentando 0,38 %, assim há este aumento em toda cadeia produtiva. Exemplo, quando uma pessoa compra um pão, um pacote de açúcar, arroz ele esta pagando 3,4,5... vezes o mesmo imposto e assim, quanto mais pobre mais paga proporcionalmente.

            Ainda é preciso dizer que o imposto perdeu sua finalidade, pois para o que foi criado não foi alocado, pelo contrario, tem sido desviado para outros tantos gastos do governo. A CPMF não foi criado para o Bolsa Família, nem para a previdência, tinha um destino definido. Se olharmos à saúde como anda veremos que este dinheiro não contribuiu em nada pela sua melhoria, pelo contrario, vê uma saúde sucatada. Enfim, este dinheiro também esta sendo servido para a corrupção.

            Na verdade, hoje devemos enaltecer o senado federal ainda que há em seus quadros senadores corruptos e que se vendem fácil, mas em suas batalhas diárias o senado tem sido responsável pelo equilíbrio das ações do governo, minando nele forças de corrupção como ocorreu no caso do mensalão. Se os deputados se venderam no primeiro mandato para aprovar medidas de interesse do governo, o senado neste sentido vem sendo forte e coeso, inclusive denunciando chantagens que o governo tenta se fazer para aprovar leis de seus interesses. 

            Hoje o senado federal como algumas atitudes do judiciário têm mantido a democracia fazendo com que o estado de direito prevaleça, inibindo atitudes autoritárias e de impunidade provocadas pelo executivo.

            Uma democracia somente se mantém forte quando há uma oposição forte, e isto é o que temos visto no senado federal, homens que não se intimidam com a força do executivo, não se rendendo pressões e nem chantagens. 

Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 29/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T758523
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
5354 textos (1256228 leituras)
5 e-livros (11995 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 09:56)
Ataíde Lemos

Site do Escritor