Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

13o SALÁRIO

Recebi um e-mail desses que saem distribuindo pelo mundo de meu Deus.
O assunto , uma indecência. Acontecem tantas coisas , a gente cai até na bobagem de acreditar que não tem mais susto para tomar. Engano dos enganos! Eu sei que o leitor está ansioso para saber que assunto seria o do e-mail, mas há que se fazer um certo arrodeio para se tratar de uma forma calma de algo tão maquiavélico. Desculpe, Maquiavel, não se pode cometer uma injustiça dessas com um homem da sua competência. Até Nero se torna uma criança perante o aviso que eu e outros encontramos na Caixa de entrada. Seria melhor ter clicado em Excluir, ou em Lixo Eletrônico.
Quem repassou a correspondência para mim foi uma amiga. Quase perco o carinho por ela, mas pensando bem, cheguei à conclusão de que, apesar do choque proporcionado, ela é minha amiga de verdade. A sua  intenção era mandar um alerta porque colocou na cabeça a idéia de que sou politicamente situacionista. Isto é, petista. Não sou petista, nem betista e agora piorou, não sou ista alguma.
Sim, vamos ao assunto, procurando manter a calma porque minha vontade mesmo é de escrachar, chutar o pau da barraca, escrever e gritar os piores palavrões que sentirei na boca ainda muito leves e impotentes: PQP,V pra P que P, F da P, CARA de ALHO, l dr~S. E daí em diante.
Meu querido leitor, o assunto já está anunciado no título, sei que você já leu, mas pode ter esquecido. Querem e vão conseguir tirar de nós o 13o salário. Já que não ficaria bem escrever aqui o que meu coração (coitado do coração, vítima da maldade) pede, e para que ele não fique tão agitado, então, rogo praga.
Rogo praga, aliás rogo pragas, milhões delas na direção desses miseráveis que têm luxo e tempo para arquitetar as piores maldades.
Que tenham urticária no corpo todo e  virem churrasquinho do diabo
bem nas profundezas do inferno. Que suas cosciências os mantenham insones. Que, enquanto vivos, tenham por dentro das calças algo bem mole e morto a lhes incomodar. Que, sendo mulher a votar a favor da extinção do décimo, sejam feias, pobres e cheias de rugas e celulite. Inclusive que seus peitos sejam muchibinhas e rejeitem terminantemente o silicone. Que os seus cabelos caiam, que tenham varizes e joanetes. Que tenham mau hálito e cêcê por todos os dias de suas vidas. Que, sendo mulher ou homem, não tenham amigos jamais, que os filhos  só lhes dirijam a palavra chamando-lhes de tio/tia ou coroa. Que não tenham apetite . Que não sintam o perfume das flores.
Que percam todas as eleições e tenham que ser camelôs em qualquer praça ou beco.
Quando quiseram votos prometeram 14o e 15o salários. E a última praga  é que os eleitores não esqueçam desta e de outras promessas.
TÂNIAMENESES
Enviado por TÂNIAMENESES em 30/11/2007
Reeditado em 30/11/2007
Código do texto: T758632
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TÂNIAMENESES
Aracaju - Sergipe - Brasil, 69 anos
1684 textos (177196 leituras)
1 áudios (102 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 23:56)
TÂNIAMENESES