Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cabral não descobriu tudo

 
     Eu estive recentemente em férias na Bahia, com Carmen, em Porto Seguro e adjacências. Quando vou a terras estranhas gosto de conversar com os nativos para descobrir alguma coisa da realidade que não se vê na televisão nem nos jornais. Em Porto Seguro tudo respira “Descobrimento”, “Cabral”, “Primeira Missa” etc. O pessoal, os guias de turismo e os agentes de viagem só falam nessas coisas, estabelecendo uma ênfase de que o Brasil começou ali. De fato, há aspectos importantes, mas eu me permiti algumas observações que me levaram à convicção de que Cabral não descobriu tudo. Há muita coisa na Bahia ainda sob os véus do mistério.

Estrada
     Há uma estrada, a BA 001, que liga Porto Seguro a Trancoso. O traçado original deixava o bairro/praia de Arraial D´Ajuda de fora, justamente naquele ponto  em que há belas residências de veraneio, com o mar batendo no quintal. Pois, dizem que os ricos proprietários resolveram doar uma suntuosa casa de praia a um coronel político, na época Governador do Estado, com o pedido de asfalto na frente dos imóveis. O político, homem de refinada malvadeza, não só fez o asfalto negociado como puxou uma variante, em Y da BA-001. O trecho a ser asfaltado, cerca de uns dez quilômetros, é estreito e não comporta a exigência de acostamento e ciclovia.

     O jeitinho baiano funcionou: do lado esquerdo a pista é rente aos muros das mansões; na direita, ora tem acostamento (de um metro, de chão natural) ora a ciclovia (de um palmo) e ora não tem nada. Quem contou a história foi um guia turístico. Si non é vero, é bene trovato.

Celulose
     Lá, como está ocorrendo na metade-sul do RS, a Aracel plantou milhares de hectares de eucalipto. Esse plantio predador expulsou agricultores, pássaros e aves, detonando a biodiversidade. Mas os técnicos da multinacional e os padrinhos do Ibama, que são “bonzinhos”, disseram que depois de sete anos de plantio, se a terra descansar por seis meses, torna-se fértil de novo. Tem gente que acredita nisso. E ninguém vai preso.

Gasolina
     A gasolina na Bahia está custando entre R$2,95 e três reais, mais cara que na Europa, onde o combustível sai a um Euro (R$ 2,75). Só que na Europa o salário-mínimo é mil Euros (R$ 2.750). As refinarias da Bahia são bem próximas dos postos, como Canoas-Porto Alegre.

Ford
     Aqui no Rio Grande, o pessoal da direita-raivosa enche a boca para dizer que Olívio Dutra “expulsou a Ford”. Foi a melhor coisa que o bigodudo podia ter feito pelo Estado. Esse descompasso que está azucrinando a nossa teórica Governadora é fruto do desequilíbrio financeiro gerado pela isenção fiscal concedida á GM, Dell, Coca Cola e outras. A Bahia, mesmo considerando que o baiano é como o argentino, tudo deles é melhor, confessam que também sofre os efeitos da renúncia-fiscal, isto que lá foi concedida em patamares menos deslumbrados que aqui. Além disto, os baianos reclamam que, como ocorre aqui, cerca de 70% da mão-de-obra veio de São Paulo, pessoal desempregado do ABC.

Antônio Mesquita Galvão
Enviado por Antônio Mesquita Galvão em 03/12/2007
Código do texto: T763139
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Mesquita Galvão
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 75 anos
1053 textos (369281 leituras)
10 e-livros (3523 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 23:31)
Antônio Mesquita Galvão