INCONSTÂNCIA

Publicado por: Carmo Vasconcelos
Data: 07/08/2006
Classificação de conteúdo: seguro

Créditos

Autora: Carmo Vasconcelos
Voz: Carmo Vasconcelos
Música de fundo: "Gavotes duo", de Bach
Edição de som: Internet

INCONSTÂNCIA

Tudo em mim

paira

suspenso, indefinido

Sou a teia

de fios diáfanos

inconsistentes

Nada me enleia!

Odeio o fixo

o programado

sou a mudança

a inconstância

o improviso

Sou a gaivota

que voa solta!

Preciso espaço

pra espairecer

o meu cansaço

E se o amor

busco e atraio

que seja um raio

que caia ao lado

que me estremeça

me enlouqueça

sem me atingir!

Sou o múltiplo

que não contém a unidade

só peço abraços

não quero laços

Sou o sonho

que não consente a realidade

Sou um faminto

que engole anseios

mas... sem rodeios

Prefiro a fome

à saciedade!

(In "Geometrias Intemporais")

Carmo Vasconcelos
Enviado por Carmo Vasconcelos em 12/05/2005
Código do texto: T16452
Classificação de conteúdo: seguro