Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
BertoltBrecht-ChicoDoCrato-AosQueVãoNascer-Parte1
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 16/04/2018
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
BertoltBrecht-ChicoDoCrato-AosQueVãoNascer-Parte1
ChicoDoCrato-Música, Voz, Violão, Sintetizador, Arranjo, Mixagem e adaptação do poema de Bertolt Brecht - Aos que Vão Nascer – Parte-1-
Audacity 070 Ritmo 057+60 em Mí-. Gravação Caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão. A proteção anticópia é ativada.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

BertoltBrecht-ChicoDoCrato-AosQueVãoNascer-Parte1

BertoltBrecht-ChicoDoCrato-AosQueVãoNascer-Parte1
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/79266
ChicoDoCrato-Música, Voz, Violão, Sintetizador, Arranjo, Mixagem e adaptação do poema de Bertolt Brecht - Aos que Vão Nascer – Parte-1-
Audacity 070 Ritmo 057+60 em Mí-. Gravação Caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão.
A proteção anticópia é ativada.

É verdade, eu vivo em tempos negros.
Palavra inocente é tolice.
Uma testa sem rugas Indica insensibilidade.
Aquele que ri  apenas não recebeu ainda
A terrível notícia.
 
Que tempos são esses,
em que Falar de árvores é quase um crime
Pois implica silenciar sobre tantas barbaridades?
Aquele que atravessa a rua tranquilo
Não está mais ao alcance de seus amigos Necessitados?
 
Sim, ainda ganho meu sustento Mas acreditem:
é puro acaso. Nada do que faço
Me dá direito a comer a fartar.
Por acaso fui poupado.
(Se minha sorte acaba, estou perdido.)
 
As pessoas me dizem:
Coma e beba! Alegre-se porque tem!
Mas como posso comer e beber,
Se Tiro o que como ao que tem fome
E meu copo d’água falta ao que tem sede?
E no entanto eu como e bebo.
 
Bis
Eu bem gostaria de ser sábio.
Nos velhos livros se encontra o que é sabedoria:
Manter-se afastado da luta do mundo  e a vida breve
Levar sem medo E passar sem violência
Pagar o mal com o bem
Não satisfazer os desejos, mas esquecê-los,
Isto é sábio.
Nada disso sei fazer:
É verdade, eu vivo em tempos negros.
ChicoDoCrato e Bertolt Brecht
Enviado por ChicoDoCrato em 16/04/2018
Reeditado em 16/04/2018
Código do texto: T6310525
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
694 textos (11894 leituras)
698 áudios (12963 audições)
41 e-livros (859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/18 03:04)
ChicoDoCrato
Rádio Poética