Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ChicoDoCrato-Desconhecido-AgenteVaiEmbora
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 05/08/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
ChicoDoCrato-Desconhecido-AgenteVaiEmbora
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/
ChicoDoCrato, Música, Voz e Violão, Arranjo, Mixagem e adaptação do Texto Poema de Desconhecido
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity000 Rítmo 000 + em Lá+. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial etc.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ( Todos os direitos aos meus filhos e netas e parceiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

ChicoDoCrato-Desconhecido-AgenteVaiEmbora

ChicoDoCrato-Desconhecido-AgenteVaiEmbora
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/83892
ChicoDoCrato, Música, Voz e Violão,  Arranjo, Mixagem e adaptação do Texto Poema de  Desconhecido
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity000  Rítmo 000 + em Lá+. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão.
A proteção anticópia é ativada.

A GENTE VAI EMBORA  e fica tudo aí,  os planos a longo prazo e as tarefas de casa,  as dívidas com o banco,as parcelas do carro novo que a gente comprou pra ter status.

A GENTE VAI EMBORA  sem sequer guardar as comidas na geladeira,tudo apodrece, a roupa fica no varal.

A GENTE VAI EMBORA, se dissolve e some toda a importância que pensávamos que tínhamos,a vida continua, as pessoas superam e seguem suas rotinas normalmente.

A GENTE VAI EMBORA  as brigas, as grosserias, a impaciência, serviram para nos afastar de quem nos trazia felicidade e amor.

A GENTE VAI EMBORA  e todos os grandes problemas que achávamos que tínhamos se transformam em um imenso vazio, não existem problemas. Os problemas moram dentro de nós. As coisas têm a energia que colocamos nelas e exercem em nós a influência que permitamos.

A GENTE VAI EMBORA , a gente vai embora e o mundo continua caótico, como se a nossa presença ou ausência não fizesse a menor diferença.
Na verdade, não faz.
Somos pequenos, porém, prepotentes. Vivemos nos esquecendo de que a morte anda sempre à espreita.

A GENTE VAI EMBORA, pois é.
É bem assim: Piscou, a vida se vai.. .
O cachorro é doado e se apega aos novos donos.
Os viúvos se casam novamente, andam de mãos dadas e vão ao cinema.

A GENTE VAI EMBORA  e somos rapidamente substituídos no cargo que ocupávamos na empresa.
As coisas que sequer emprestávamos são doadas, algumas jogadas fora.

A GENTE VAI EMBORA. Quando menos se espera,  Aliás, quem espera morrer?
Se a gente esperasse pela morte, talvez vivesse melhor.
Talvez a gente colocasse nossa melhor roupa hoje, talvez a gente comesse a sobremesa antes do almoço.
Talvez a gente esperasse menos dos outros,
Se a gente esperasse pela morte, talvez perdoasse mais, risse mais, saísse à tarde para ver o mar, talvez a gente quisesse mais tempo e menos dinheiro.

Quem sabe, a gente entendesse que não vale a pena se entristecer com as coisas banais,
ouvisse mais música e dançasse mesmo sem saber.

O tempo voa.
A partir do momento que a gente nasce, começa a viagem veloz com destino ao fim - e ainda há aqueles que vivem com pressa!
Sem se dar o presente de reparar que cada dia a mais é um dia a menos, porque A GENTE VAI EMBORA  o tempo todo, aos poucos e um pouco mais a cada segundo que passa.

O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO COM O POUCO TEMPO que lhe resta?!

Que possamos ser cada dia melhores e que saibamos reconhecer o que realmente importa nessa passagem pela Terra!!!

Até porque, A GENTE VAI EMBORA...
ChicoDoCrato e Desconhecido
Enviado por ChicoDoCrato em 05/08/2019
Reeditado em 05/08/2019
Código do texto: T6713206
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 63 anos
888 textos (17864 leituras)
893 áudios (17392 audições)
43 e-livros (1297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 21:26)
ChicoDoCrato
Rádio Poética