Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
FALANDO A VERDADE PARA MIM MESMO
Publicado por: Milton Duarte
Data: 16/07/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
TEXTO E NARRAÇÃO: Milton Duarte

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

VOU ME DIZER UMAS VERDADES

Já errei, já bati o pé, depois mudei de ideia
Já guardei mágoas, já julguei e quebrei a cara,
Já andei sem rumo por onde nunca tinha ido antes
Já deixei de ir a lugares tão conhecidos, onde alguém me esperava
Já fui ranzinza, incoveniente e abusado
Já menti fazendo alguém sofrer e já magoei com minhas duras verdades
Já neguei perdão a quem me pediu, já pedi perdão e me foi negado
Já dei risada na cara dos outros, zombei de quem não merecia
Já me escondi, para não cumprimentar,
Já risquei nomes da minha agenda, já esqueci de quem não me esquecia
Já fiz promessas que nunca cumpri, perdi as contas das juras que fiz
Já fui mesquinho, soberbo e insensato
Já fui moleque só para contranger, já fui um mala, um grande carrapato
Já dei desculpas pra lá de esfarrapadas
Já reclamei do que estava certo
Já disse sim, quando devia dizer não, já disse não quando podia dizer sim.

Já errei tanto que até me envergonho
Mas um alento encontro neste afã de acertar
É que por mais pecados que tenha
Admitindo, já começo a melhorar.
Milton Duarte
Enviado por Milton Duarte em 25/11/2014
Código do texto: T5047667
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Milton Duarte
Parnamirim - Rio Grande do Norte - Brasil, 52 anos
179 textos (819612 leituras)
50 áudios (257076 audições)
1 e-livros (102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 22:23)
Milton Duarte
Rádio Poética