Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
EU NÃO DEIXAREI
Publicado por: Denilson Alayon
Data: 02/03/2015
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Texto: "Eu não deixarei" - Denilson Alayon
Voz: Denilson Alayon
Trilha Sonora: Instrumental

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Denilson Alayon dos Santos / www.denilsonalayon.com / www.denilsonalayon.blogspot.com.br / www.denilsonalayon.wordpress.com). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

                              EU NÃO DEIXAREI

   Senhor e Deus Eterno,


   Mesmo que a tribulação venha me abalar,

   Eu não deixarei de exaltar a sua graça,

   Mesmo que a frustração venha me desanimar,

   Eu não deixarei de adorar o seu domínio,

   Mesmo que a desilusão venha me esmorecer,

   Eu não deixarei de proclamar a sua glória,

   Mesmo que a ansiedade venha me atrapalhar,

   Eu não deixarei de enaltecer o seu poder,

   Mesmo que a aflição venha me perturbar,

   Eu não deixarei de engrandecer a sua misericórdia,

   Mesmo que a decepção venha me abater,

   Eu não deixarei de venerar o seu amor,

   Mesmo que a preocupação venha me atingir,

   Eu não deixarei de obedecer a sua vontade.




Denilson Alayon
Enviado por Denilson Alayon em 25/12/2012
Código do texto: T4052292
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Denilson Alayon dos Santos / www.denilsonalayon.com). Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Denilson Alayon
Cotia - São Paulo - Brasil, 46 anos
1225 textos (320629 leituras)
1457 áudios (108418 audições)
181 e-livros (33478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/19 16:28)
Denilson Alayon

Site do Escritor
Rádio Poética