Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
SALVE A POESIA
Publicado por: Akeza
Data: 26/02/2014
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Texto: "Salve a Poesia" - Akeza
Voz: Akeza
Trilha Sonora: "Una Noche" - The Corrs Y Alejandro Sanz
Trilha Sonora Obtida: CD
Edição de Som: Akeza
Software: Audacity
Agradecimentos: Ao Universo da Grande Harmonia

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

SALVE A POESIA

Pedra filosofal,
abraço preeminente de palavras,
mutação não oficial,
definição sistemática da alma.
 
Eis a promessa plena e indeterminada,
Imanente e completamente de verbos, conjugada...
origem do cosmo,
fenômeno de diversas fontes intercaladas.

Unidade propriamente universal,
mistério transcendente.
Base de uma série infinita,
encanto da vida,
onde o sol na sua forma informe
libera raiz e ramos
no progresso de todo principio humano.

De natureza feminina
a poesia traça metas de idealizações.
Indo do alfa ao ômega,
para iluminar caminhos de coração.

Seu convite nos conduz às viagens,
também, ao exercício do retorno...
por ser a língua dos escolhidos,
ostenta todas as faces,
onde arte de falar
expandi de forma singular
a voz e a vez de um povo.

Sua dança resolve conflitos,
obedece regras
e revoluciona pela própria natureza.
Seu chamado convoca ao maior dos sorrisos,
é loucura que cega,
mas que suplica uma consciente grandeza.

Expressão que não tem limites
e na história...
veste-se de nações, raças, classes e compensações.
Podendo ser, cativa ou livre.
Pura ou maldita na memória,
porém sua vitória...
sempre irá reportar
métodos inspiradores da intuição.

Há quem diga que sua sequência lógica,
vem de diferentes analogias.
Que foi criada pelo Universo da Grande Harmonia,
para fazer o homem pensar
em suas atividades místicas,
em suas descobertas inatas
e nas operações capacitadas de magia.
Mas, o certo é que a Poesia flui de uma fonte superior,
para ressoar a melodia eterna do amor
e fazer reinar na terra com maestria,
a coletiva e pessoal alegria!

Viva o dia Nacional da Poesia!

Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza.
Akeza
Enviado por Akeza em 14/03/2010
Reeditado em 26/02/2014
Código do texto: T2137560
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 57 anos
2456 textos (422044 leituras)
61 áudios (108537 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/19 05:29)
Akeza
Rádio Poética