Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Coripha
Publicado por: J Coelho
Data: 11/06/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Autoria e Interpretação: J. Coelho
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

"Coripha"

"Coripha”, palmeira amiga,
 responda, por favor:
como no fim da vida,
permaneces altiva e desabrochas em flor?

Altiva: filha da Natureza
e do dever cumprido.
Dos parques sou beleza,
e dos ninhos o tecido.

Meu destino, minha sorte
é  viver só para o amor
e ficar ciente da morte,
quando desabrocho em flor.

Meu ventre, em flor, celebra a vida
tentando te dizer:  a morte não é o fim.
Desabrocha tuas flores, amanhã pode ser a despedida
e vamos fazer, do planeta, um imenso jardim,
e vamos fazer, do planeta, um imenso jardim.

("Coripha Umbraculifera" é palmeira que floresce uma única vez)

A canção e apresentação PPS “Coripha” encontram-se nos endereços:
http://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/17095
http://www.recantodasletras.com.br/e-livros/1720800

Para acessá-lo: marque o endereço arrastando o ponteiro do mouse; aponte o ponteiro do mouse para o endereço marcado; clique com a tecla direita do mouse; e escolha a opção ir para o endereço...
J Coelho
Enviado por J Coelho em 19/01/2016
Reeditado em 28/05/2019
Código do texto: T5516570
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J Coelho
São Lourenço - Minas Gerais - Brasil, 78 anos
635 textos (605170 leituras)
415 áudios (17360 audições)
312 e-livros (17279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 18:50)
J Coelho
Rádio Poética