Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
NÃO MENOSPREZE AS CRIANÇAS
Publicado por: Marco Young
Data: 20/11/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Título: NÃO MENOSPREZE AS CRIANÇAS
Autor: Marco Young
Locução: Marco Young
Música: Mar Negro/Violino Tzigano
Reproduzida por: Violinos de São Paulo
Compositores: Mar Negro (Não encontrado) e Violino Tzigano (Luciano Tajoli).

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Marco Young, o twitter e Instagram, ambos de nome de usuário @mrmarcoyoung e o e-mail mrmarcoyoung@yahoo.com .). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

NÃO MENOSPREZE AS CRIANÇAS

Não menospreze as crianças, todas que existem.
Não as menospreze, não só por serem puras,
Não as menospreze porque todas resistem
Às maldades adultas e criam sua própria cura.

Não se sinta prepotente por estar em outra fase,
Uma criança enxerga na tua mente sua dor,
Mas seja do jeito que for, não entende o sofrimento.
Toda criança a cada momento passa por uma nuvem de amor.

E tem crianças de vinte e tantos anos que se sentem esquecidas,
Há crianças perdidas na vida e outras escondidas,
Todas elas um tanto parecidas,
Todas elas uma lembrança revivida.

Por onde andou todo esse tempo que se esqueceu da infância?
Quem me dera ter a mente do zero e poder começar outra vez.
Iria de casa em casa, de mês em mês, cumprimentar todos vocês
E ainda sair de porta em porta tocando campainhas aleatórias.

Tenho a criança como parte de toda história, o exemplo total,
Não é necessariamente ser feliz ou triste, é ser à parte.
E com à parte digo todas as frases e sentidos possíveis,
Todas as crianças são incríveis e ponto final.

Ora, que ponto final o que... Dou mais frases a merecer,
Dou mais falas a serem ditas, dou mais vozes a serem ouvidas,
Dou mais palavras a serem escritas... A criança aqui ressuscita,
A criança de lá não é a que fica, mas um pouco da de agora,

Uma hora mora, outra vai embora... Enfim, eu ei de finalizar,
Eu ei de pôr no lugar a sensação passageira, derradeira,
No entanto verdadeira e sincera, mais que se espera,
Adeus, tchau, tchau e agora sim, ponto final.
Marco Young
Enviado por Marco Young em 19/11/2019
Código do texto: T6798951
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Marco Young, o twitter e Instagram, ambos de nome de usuário @mrmarcoyoung e o e-mail mrmarcoyoung@yahoo.com .). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Marco Young
Aracaju - Sergipe - Brasil, 20 anos
153 textos (2081 leituras)
3 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 00:41)
Marco Young

Site do Escritor
Rádio Poética