Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
jorge martins
Aracaju - Sergipe - Brasil, 69 anos
827 textos (76215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 03:14)
jorge martins

Textos do autor
Perfil
Jorge Martins Cardoso - Nascido em Aracaju - Sergipe, no dia 23 de abril de 1950.

Formação - Médico, Clínico Geral (generalista). Trabalhei como médico em um Hospital na cidade de Riachuelo, 28 quilômetros distante de Aracaju, durante aproximadamente (1 ano como formando - 6º ano da Faculdade de Medicina de Sergipe -  e três anos como médico). Diplomado em Ciências Médicas em dezembro de 1977, pela Faculdade de Medicina de Sergipe, ligada à Universidade Federal de Sergipe (UFS). Trabalhei como Médico-Legista no Instituto Médico Legal de Sergipe (IML), localizado em Aracaju, durante aproximadamente 20 anos. Em 1978, realizei concurso público, para exercer o cargo de Médico. na Secretaria de Saúde Pública de Sergipe, que hoje recebe o nome de Secretaria de Estado da Saúde (de Sergipe, naturalmente) A partir de 1981 passei a dedicar-me à luta contra a POLIOMIELITE (paralisia infantil), tendo sido de fato (não de direito), "Coordenador" dos chamados "Dias Nacionais de Vacinação em Massa Contra a Poliomielite", durante quatro anos consecutivos. Defenestrado do "poderoso poder" de "coordenador" das referidas Campanhas de Vacinação em Massa, continuei na luta contra a paralisia infantil durante vários anos, e, ainda hoje, continuo cobrando das "autoridades mundiais" a total erradicação da referida enfermidade do nosso planeta terra. Atualmente com 65 anos de idade e 37 anos e meio de serviço público, continuo trabalhando na Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe, cuidando de "entes queridos", ou seja, no Serviço de Verificação de Óbito (SVO) de Aracaju, Sergipe. A partir de 2007, descobri a "polêmica" AUTO-HEMOTERAPIA, terapia da qual faço uso há mais ou menos oito anos, ininterruptos. Ah! Muito importante: meu salário é igual ao do jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, quando o mesmo jogava no Flamento, ou seja, 1 milhão e 300.00 reias por mês, mas, com uma pequena diferença, a saber: sou torcedor do Fluminense, sem fanatismo e sem torcida organizada. Sou apaixonado pelo "Jogo dos Reis", Jogo de Xadrez, mas, também não sou fanático. Estou dedicando-me um pouco a aprender a tocar violão, porém "meus ouvidos" não colaboram muito. Ou "eles" são um pouco surdos, ou são "eles mesmos" constantemente adeptos de movimentos grevistas... Sei lá!         
 

Site do Escritor


Última atualização em 14/11/19 03:14