Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Ulisses de Maio
Fortaleza - Ceará - Brasil, 33 anos
1265 textos (24837 leituras)
21 áudios (187 audições)
16 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/04/21 19:58)
Ulisses de Maio

Textos do autor
Áudios do autor
Perfil
Eu sonho em ser poeta, mas não é que eu não seja.
Há um limite entre a prosa e a poesia e ultrapassei!
Eu agora deixei a alma ser escrita nos meus versos,
Mas escrevo os meus sentimentos em mera prosa,
E ainda poderei criar mais amores em livros e sei
Que o meu caminho de poeta é ser esse poeta em versos...

Só que, quando me declarei imortal, tive que mudar
O modo de escrever, não escrevo o pensamento crístico
Mais, mas o do Cristo Universal, se não amar
A mim nenhum afeto ou coração, nisso eu insisto:

Eu irei ao mar para jogar-me nas ondas das sereias
E lá eu morrerei com o sonho de deixar para trás
Um afeto da solidão fugidia, sei que não é feia
A mulher que amei, salvei e provei salvação, má:

'É a pessoa que me julga por salvar quem nos salva
E eu sou aquele que não se trái,' "Ide e não pequei mais..."


(Hugo Proença Simões).


Última atualização em 12/04/21 19:58