Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
José Alberto Lopes
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil
725 textos (51723 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 05:43)
José Alberto Lopes

Textos do autor
Perfil

Biografia
 
 
Paulista de Cubatão, José Alberto Lopes nasceu em 05 de fevereiro de 1951. Foi despertado para as coisas da literatura ainda bem cedo. Seus primeiros contatos foram através das  HQs [Histórias em Quadrinhos] que eram publicadas no jornal (A Tribuna de Santos) que seu pai tinha em mãos religiosamente todos os domingos.
Passou a infância e a adolescência em sua cidade natal. Localizada em área de flora exuberante, essa atmosfera proporcionou ao escritor escrever as suas primeiras poesias, ainda, na tenra idade. Percebeu com o tempo, que a região também era um campo minado de boas histórias, e passou também a escrever pequenos contos.
Autodidata, em certa ocasião conheceu de uma só vez, algumas obras de escritores como:  Sergio.D.T. Macedo, Machado de Assis,Euclides da Cunha e Afonso Schmidt. Esse conjunto de renomados escritores,foi com certeza, a centelha definitiva, para que J.A.L. se firmasse, mesmo sendo um pequeno grão de areia, nesse oceano literário.
 
Sou do signo de aquário. No  horóscopo Chines, sou Tigre e nesse  me identifico muito mais. - Gosto de Jazz e Rokc and roll. Música clássica e MPB. Um pouco de Ópera para temperar.. Futebol, já curti muito, hoje, bem pouco! - Adoro ler...muito. Romances, policial, sagas.Amo desenhos animados....Também amo escrever, escrevo muito, todas as noites e dias disponíveis. .[Eróticos.. (Tenho escrito muitos) mas, não publicados].Durmo com uma caneta e papel para não perder o mote, além dos meus Gatos...Desenho um pouco também. Tento ilustrar um manuscrito que iniciei já há uns cinco anos.... Também me aprofundo nos poemas Orientais, me ligo muito nisso! Curto antiguidades sejam elas construídas pelo homem, como aqueles vestígios e construões naturais. Geologia, geografia e história da humanidade! - 



Poema - Chamado Perfil



São muitos em mim mesmo!
Sou criança e melões dormindo ao sol.
Sou pastor que às vezes pestaneja
E vê perdidas algumas de suas ovelhas e cabras.
Sou velho, sou moço, sou mulher compreensiva
Também sou às vezes um homem incompreendido.
Sonhador, amante, Aquariano/Tigre.
Muitas vezes brisa, poucas vezes tormentas.
Embora vivido, ainda sou ave ávida!
Também sou prostituta, mendigo, soldado, guerra, paz e amor!
Sou Indira; sou Hilst; Sou Pagu; sou Frida, sofrida!!!
Sou a flor silvestre, sou espinho, a rã do prado, pedras, caminhos...
A orquídea vermelha e sensual, o gozo, o gonzo que range,
O pássaro que assovia, Zanzalá... Cariçuma; Afonso; Bandeira; Mário; Gibran; Euclides.  Exilado de Capela.
Sou o osso, sou mignon... O livro, o papel, a pena!
Talvez eu seja até um poeta!!!!!



<><>...Não se esculpe a neblina, mas o diamante pode ser lapidado!
JAL.

...minha infância foi meu paraiso / um éden perdido entre
o mar e a serra / A serra do Mar !!!

<.((((<
~~~~~~~~~~~~~~~~

Meus Blogs: http://noturnopoetico.blogspot.com/

http://cubacubatão.blogspot.com

http://haikaisehaikais.blogspot.com

Email   -    vanadio_1@yahoo.com.br


Última atualização em 05/08/20 05:43