Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Léo Nardo Costa
Campo Novo do Parecis - Mato Grosso - Brasil
539 textos (45337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 16:02)
Léo Nardo Costa

Textos do autor
Perfil
MINHA TRISTE HISTÓRIA DE VIDA
(Eliozani Miranda Costa)

Sou quem você quer que eu seja
E moro em qualquer lugar
Já fui empregado
Hoje sou mendigo
Já fui casado
Hoje não tenho lar

Eu falo ninguém acredita
Muitos estão a investigar
Meu nome é incerto
E para que me identificar?
Leia meus textos jurídicos
As respostas estão lá

Sou o menino órfão de pai
Que cedo parou de estudar
A roça me tirou da escola
Então aprendi trabalhar
Plantar, limpar e colher 
Vender e ver nada mudar

E depois de algum tempo
Os estudos recomeçar
Foi no Ensino Supletivo
Que o fundamental fui tirar
No médio fiz Magistério
Em 92 passei em 1º lugar

Por meio de concurso 
Em 94 comecei atuar
11 anos na Educação
Depois resolvi mudar
Para Agente Penitenciário
Passei em terceiro lugar

Este trabalho mudou minha vida
Diante da realidade que há
Presos sendo torturados
Sem direito a reclamar
A ordem vem do Diretor
O Agente não pode questionar

Desobedeci ordens absurdas
E passaram me prejudicar
Com transferências arbitrárias
Foi a forma de me castigar
Foi tanta tortura psicológica
Que eu não pode suportar

De tanto ver tortura de presos
Ameacei os fatos relatar
Daí foi maior a perseguição
Então pedi para me exonerar
Isso refletiu no meu casamento
A esposa resolveu divorciar

O sistema me tornou amargo
Não conseguia mais relacionar
Nem com presos nem com colegas
O Estado decidiu me expulsar
O diretor me colocou à disposição
Pra relotação em outro lugar

Falou dos fatos ocorridos
Para a Sindicância apurar
Não houve a tal Sindicância
Então fui lá me informar
Exigi a nova relotação
E saber onde ia trabalhar

De má Fé não me relotaram
Apenas mandou eu esperar
E anotaram faltas forjadas
Sem ao menos me informar
Sem lotação e sem Escala
Onde eu teria que trabalhar?

Injusto Processo Administrativo
Apelidado de Disciplinar
Fruto de Assédio Processual
Rondônia mandou instaurar
Minha defesa não foi aceita
A PGE recusou reexaminar

Me restava uma única alternativa
Levar para o Judiciário apreciar
Apresentei as ilegalidades do PAD
A juíza não quis nem olhar
Ela negou a perícia pedida
Preferindo o ato nulo validar

Essas coisas me levam a loucura
Me tiram o controle do pensar
Os advogados me abandonaram
Não adianta mais eu procurar
Será que existe algum voluntário
Que poderia nessa causa me ajudar?

Estou vivendo dias ruins
Porém Deus vai me ajudar 
Eu resgatar minha identidade
E ao mundo vou publicar
Que a Fé remove montanhas
A vitória vou alcançar ...


De fato isso aconteceu comigo ...
Contado por WhatzApp (69) 9 8406-0100
Me ligue enquanto vives, se você precisa de alguém
Que lhe empresta os ouvidos, conte comigo
Posso ser seu amigo sem questionar
Me ligue sem se preocupar com o que há de falar
Posso fazer você desistir de se suicidar ...


Última atualização em 18/10/19 16:02