Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre a autora
Simone Salles
Maricá - Rio de Janeiro - Brasil
19 textos (1789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/19 17:22)
Simone Salles

Textos do autor
Perfil
Ligeira autobiografia em linhas tortas


Simone Salles


Quando nasci, nenhum anjo me disse para "ser gauche" na vida. Nem me apareceu um "chato de um querubim" para comunicar-me, diligentemente, que eu estaria fadada a ser errada vida a fora. É o que dá não ser Drummond ou Chico Buarque de Hollanda. Ser, apenas, uma mulher comum. Fato é que, até o ano de 2004, com 42 anos anos, nunca consegui viver em linha reta - nem mesmo sóbria de ilusões, sonhos, fantasias e pensamentos.

Ninguém me alertou que trilharia estradas tortuosas, em alguns momentos quase marginais. Nem que esses (des)caminhos da vida seriam acidentados, com trechos de aclives íngremes e de declives sinuosos. Sem esquecer os desvios provocados por avalanches existenciais e as inevitáveis freadas emocionais de arrumação. Um perigoso só. Mas, como atesta a sabedoria do povo, a mulher que andou na linha, o trem matou. E eu estou aqui, vivinha da Silva.

Aventurei-me assim pela existência: às cegas, tateando. Mais abusada e temerária que intrépida e corajosa. Por vezes, impulsionada pelo faro; outras pelo instinto, a maior parte do tempo pela emoção. Hoje, quando me perguntam quem sou, nem pisco para responder: mãe (de um lindíssimo casal de filhos: Laura, fará 10 anos em dezembro; Victor fez 7 em junho passado); solteira oficialmente e descasada oficiosamente; jornalista episódica; artesã por hobby e herança genética; escritora por compulsão e mulher - quando sobra tempo. E dou um jeito para que sobre. Afinal de contas, nem só de pão e obrigação vive uma mulher. Emoção e carne são imprescindíveis na vida de qualquer um.

Sim, sou jornalista há 22 anos. Avisei que a perfeição por mim passou lotada e não parou no ponto. Sorry. Porque, perdoem-me os mais românticos, ser jornalista nesse país, nos dias de hoje, é tão somente saber administrar - com as bençãos dessa nossa sociedade hipócrita - um desvio de caráter: o interesse pela vida alheia. No popular, o gosto pela fofoca. Como em toda profissão há, ainda, os que dela fazem uma arte.

Nisso e disso sobrevivi, direta e indiretamente, dos 22 aos 38 anos. Até que no final de 2.000, recém-chegada de Brasília, após 14 anos de auto-exílio, abandonei de vez as redações. Digitei meu ponto final no terminal da Editoria de Política do jornal O Globo, onde trabalhava no fechamento da edição.

Sem alardes, despedidas ou brigas. Apenas coloquei a bolsa no ombro, desejei boa noite a todos e virei as costas a uma etapa da minha vida. Desde então, dedico-me exclusivamente à escrever. E ler. E escrever. Pois que escrever é bem mais que inspiração. É compulsão da alma. É necessidade do espírito. É imposição do Ser. E só os que padecem desse mal compreendem o quão imprescindível é transmutar em palavras o que nos vai por dentro. Fiz desse mal, que é bem, meu prazer, meu ofício, minha profissão de fé. E La vie en rose....


Textos da escritora Simone Salles
podem ser lidos também nos seguintes endereços:

* Portal de Literatura Blocos on Line - assina todos os dias 6,16 e 26, a Coluna Entre palavras (www.blocosonline.com.br);

* P-D Literatura - onde passa a assinar, a partir da edição de maio/05, como colunista especial (www.pd-literatura.com.br);

* Revista Eletrônica O Caixote - seção Crônicas, periodicidade mensal (www.ocaixote.com.br);

* Progetto Letterario Internazionale (DOMIST.net)- a partir de maio/05, versões em inglês, espanhol, francês e italiano (www.domist.net/por/)

* A Garganta da Serpente, seções Veneno Crônico e Contos de Coral (www.garagantadaserpente.com.br);

* Prefácio.net (www.prefacio.net/)

* www.maricel.com.br, seção Crônicas

* www.rubiane.com, seção Crônicas

* www.meusonho.com.br, seção Amigos Poetas, Letra S

Em breve:

Portal de Artes Entre palavras
(http://www.entrepalavras.com.br)
Em construção

Portal que abrange literatura (prosa e poesia), pintura, escultura, música, fotografia, culinária, arte digital, artesanato, interpretação (declamação), entre outras expressões da Palavra - com tradução para os seguintes idiomas: espanhol, inglês, francês, italiano, alemão.


Contatos:
simone-salles@uol.com.br
simonesalles@entrepalavras.com.br


Última atualização em 23/09/19 17:22