Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre a autora
Valéria C Ribella
Santos - São Paulo - Brasil
187 textos (6284 leituras)
6 áudios (539 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/21 01:38)
Valéria C Ribella

Textos do autor
Áudios do autor
Perfil

Quem sou eu?

Uma pessoa eclética que curte tudo,
Desde a musica, a arte, a poesia, as culturas mundiais
E as novidades Inter Galácticas.

Sou cantora,
E as letras de minhas canções resumindo são populares.
Pois falo sobre tudo e de todos.
Não costumo criticar em minhas canções,
Mas as vezes sou “indignada”,
Geralmente em minhas canções eu exponho os meus medos,
E a minha persistência em não desistir nunca,
Idependente do que aconteça. ( é a parte ke mais gosto em mim!)

Sou poetisa,
E o que escrevo parte de mim,
Escrevo o que penso, o que sinto e oque me encanta.
Escrevo os meus amores e minhas dores,
Escrevo o meu profundo e a muralha em mim.

Escrevo com a vida e falo com a morte,
Transformo seres das trevas em realizados apaixonados, e
Dançarinos numa chuva de verão por uma boa colheita.
Lá onde o vento sopra manso, e passa a espreita,
De um sorriso que chora emocionado ao som de uma divina trombeta.

E transformo seres da natureza,
Em desafortunados vermes,
Esquecidos numa natureza morta e desencantada,
Onde suas ruínas são a principal causa de saudosas lágrimas,
De outrem encantado de magia e cores,
Lagrimas de um amanhecer que nunca chegará,
Que definitivamente para sempre morrerá,
Que não estará nos contos e que não encantará,
Nem mesmo em contos de Gaia se contará,
A história de (SERES) que ficou entre parentes.
Aqueles de outrora, se eram tão contentes,
Serão após minha história, “Tão tristes para sempre”

Sou amante, sou querida.
Admirada e esquecida,
Ignorada por hora e bem vista agora,
Quando estais tú aí...á ler este desabafo que não ouso chamar de Poesia.
Pensando
“quão linda essa escrita!!!..quão boa essa menina!!!..oque vem em seguida?!”

Em seguida eu continuo minha história,
Sigo em frente nesta ida,
É isso que todos faremos,
Em seguida, cuidaremos de nossas vidas.
Não aceitaremos gorjetas,
Mas iremos nos bebedoar de nossa essência,
A Poesia.

Seja sempre bem vindo!
Não importa sua cultura ou religião.
Nem de que provinça venha, pois estão,
Todos num único circulo do qual não sairemos,
Se ao outro não dermos as mãos,
Afinal para isso fomos criados,
Para sermos unicamente irmãos.


----------------------------------------------------------------------------
 
De Valeria Carvalho Ribella - Quem Sou Eu?
Revisão e Arte Filosófica Valéria Carvalho Ribella
Fixação de Texto Valéria Carvalho Ribella
Diagramação e Arte em Designer Photográfica - Mércio Ribella Jr
© Copyright All rights reserved 2012

LINK'S PARA ATIVIDADES E MAIS, NO GUIA "LINK"
NO SITE DE ESCRITOR.

www.valeriacarvalhoribella.recantodasletras.com.br

OBRIGADA E SINTA-SE EM CASA!!!
 


Última atualização em 18/09/21 01:38