Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Antônio Bacamarte
Groenlândia, 55 anos
495 textos (23806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 05:11)
Antônio Bacamarte

Textos do autor
Perfil
Atualmente escrevo:
- Na comunidade "Crônicas - Antônio Bacamarte" no Orkut (escrevia, né, Orkut não existe mais há tempos!);
- no Blog http://www.charkycity.blogspot.com/ (perdi a senha dele há tempos!);
- e aqui no Recanto das Letras, toda sexta-feira, às 17h19min.

ANTONIO BACAMARTE
2020 / Ano 22 - 22 anos de lida literária!
9 anos de Recanto das Letras (1.8.11 / 1.8.20)

Este que vos escreve, Antônio Rollim Fernando de Braga Bacamarte, é descendente de dois ilustres personagens da história brasileira. Por parte de mãe, de Antônio Conselheiro, o profeta de Canudos; por parte de pai, de Simão Bacamarte, o famoso alienista da Casa Verde, retratado de forma caricata por Machado de Assis no conto “O Alienista”.
Logo, vejam que eu não sou cachorro, mas tenho pedigree.
Sou casado com Louise Bacamarte, que é ciumenta porque sou mais bonito que o Gianechini e ela, porisso, teme que a mulherada me assedie sexualmente. Tenho um filho, o Toninho Júnior, que não é a minha cara. Sei lá, tenho um pé atrás com a Louise, qualquer ora faço um teste de DNA no garoto. Só não comentem nada com ela, por favor.
Dia 13 de junho de 2020 comemorei o 55º dia de Santo Antônio que passo por aqui. Isso, 55 anos com corpinho de 25 e sabedoria de 550. Com muita humildade, claro. Até porque, saibam, nasci no mesmo dia do poeta Fernando Pessoa...
Vim morar em Charky City fugido de Faxinal do Soturno (adoro a cidade, mas a minha sogra mora lá e não foi possível a convivência), comecei a me integrar com o pessoal dos extintos Diário de Charqueadas e Jornal A Região (Mano, André e Vanessa), sendo que passei a contribuir com o último, semanário. Fiquei lá de 1998 à 2010, produzindo, no meu pequeno latifúndio literário semanal, uma coluna chamada Crônicas.
Sou heterossexual não homofóbico (fui à parada do Orgulho Gay dar apoio), gosto de ler Millôr Fernandes, LF Veríssimo, Paulo Francis, Rubem Braga, Fernando Sabino, Machado de Assis, Carlos Eduardo Novaes, Dainor Lindner, Otacilio D'Assunção Barros (Ota), Humberto Gessinger, Rodrigo Ramazzinni, David Coimbra, Miria Pereyra, Juremir Machado da Silva, Valda Tissot, Benedito Veit, Laerte, Saldino Antônio Pires, Mário Quintana, Rosilane Rocha, Paulo Santana, Alda Silveira, Dartagnan Ferraz, Sô Lalá, Giustina, Simone Moreira, J Estanislau, Clemir Corrêa e Professor Carlinhos, dentre outros.
Sou democrata de esquerda filiado ao PUM – Partido Unificado a Meia-Boca, religioso e pacifista. Tenho pôster do Gandhi, Marx, Bourdieu, Habermas, Gramsci, do Trotsky, da Luiza Brunet, da Bruna Lombardi e da Velma do Scooby-Doo. E, claro, mais uns vinte posters do Grêmio (ah, sou gremista e simpatizante da Portuguesa de Desportos, Brasil de Pelotas, Cruzeiro de Porto Alegre, Vasco da Gama, Celtic de Charky City, Benfica de Portugal e Red Star da França), aí incluídos os das equipes que venceram as duas Libertadores, o Mundial, os dois Brasileiros, o Gauchão 1977 e, muy especialmente, o da “Tropa de Elite” que venceu heroicamente a “Batalha dos Aflitos”.
Buenas tchê, era isso pessoal do Recanto das Letras. Quem quiser ler este Bacamarte venha aqui no RL toda sexta que sempre publicarei uma crônica nos finais de tarde. Tinha também um saudoso perfil no Orkut e uma comunidade lá, chamada “Crônicas - Antônio Bacamarte”, que era tão grande que quase enchia um microônibus de gente boa, educada e culta.

PS - Em 2020 completo 22 anos de intensa atividade literária, tnedo publivado nos jornais Charky City Diary (Dário de Charky City), Regionavisen (Jornal A Região) e Nyhedsportal (Portal de Notícias) e, atualmente, Recanto das Letras.

Perfil atualizado em 1° de agosto de 2020


Última atualização em 06/08/20 05:11