Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre a autora
Rosimere Ferreira
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil
116 textos (6833 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/07/20 10:05)
Rosimere Ferreira

Textos do autor
Perfil
Acho que...
Sou assim e assada,
Meio gente, meio bicho, meio alma penada.
Sou de carne e osso só quando no fundo do poço.
No mais, sou passarinho cantando a vida,
Borboleta cruzando céus, sem se importar com sua efemeridade.
Não sei do tempo, pouco me importa a idade.
Sou da vida na intensidade da mulher parida.
Na verdade, acho que sou meio gente, muito bicho, muito alma penada.
E ainda uma gente mal-criada.
Sou excessiva na minha verdade e na minha ferocidade.
Não sou dona de mim, e ninguém o é.
Sou do mundo, dos sonhos, das fantasias,
Ainda que sofra de angústia e de melancolia.
Sou de todos e não sou de ninguém.
Sou um ser completo. E totalmente inacabado...
Por sedento de revelar mistérios, descobrir prazeres,
Percorrer caminhos, desvendar segredos ocultos
Nesse imenso e complexo emaranhado.
Sou assim, e acho que nem assada, mas totalmente crua.
E quando souber quem ou o quê realmente sou, estarei aqui,
Ou em qualquer outro lugar...
Mas a despeito de tudo e de todos...
Inteira... a alma completamente nua.


Última atualização em 14/07/20 10:05