Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
LAÇOS

10-03-2011 a 26-04-2011

Nesse curto espaço de tempo vivi muito.
Aprendi reaprender e desaprendi a desesperança...
Parece incoerência? Não é. A vida ensina a ver melhor...



LAÇOS
Fui elevada ao infinito em teus braços.
E desliguei meu relógio...
Escondi o calendário...
Aqui estou revivendo teus abraços...
Sem me importar muito com o amanhã,
Sem esperar tudo...
Sem exigir ou questionar minhas vontades.
Meus e teus desejos convivem vagarosos...
Em rápidos, vertiginosos e reais sonhos.
E assim antes de dormir e antes de acordar,
Revejo teus olhos risonhos...
E quando enternecido e enleado
Dizes teu “Olha pra mim!” Já sei que é assim...
Estou revendo olhos fechados!
INEZTEVES
Enviado por INEZTEVES em 26/04/2011
Reeditado em 04/08/2011
Código do texto: T2931008
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
INEZTEVES
Japeri - Rio de Janeiro - Brasil
1379 textos (113609 leituras)
290 áudios (28885 audições)
2 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 05:58)
INEZTEVES