Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Nordestina Paulista

Nasci de grande vitoria
E pela vida me fiz poeta
Não teria outra história
Se não fosse igual a esta

Filha de Antônio e Celina
E por acaso carrego seus desmandes
Deus escreveu nas linhas da vida
O encontro dos Cavalcantes

Herdeira da costureira sem Holanda
E do pedreiro sem o Félix
homenageio meus avôs
Sendo a poetisa Holanda Félix

Pelo acaso do destino
E sem trazer nenhum dano
Conheci o solo nordestino
E São Paulo ficou em outro plano

Do sorriso maroto,
Aqui me fiz mulher
Conquistei meu espaço,
Com lutas e muita fé.

Neta e filha de roceiros
Conheci o peso da inchada
Debaixo de um sol arteiro
Soube dar valor a minha linhada

Quando renasci nordestina
Em Campos Sales me lancei
Quando descobri minha sina
Poetisa em Araripe abracei

Tenho certeza de quem eu sou
Do coração sou da terra ardente
Onde foi gerados o meu amor
Plantei semente e me fiz gente

Mas se um dia preciso for
Abrirei as minhas asas
Em prol de um novo amor
Deixo a saudade por onde passar

Dos olhos de um poeta
Saem toda sua trajetória
E o que tens a alma importa
Coisas da sua história

E quem tiver dúvidas
E um segredo escutar
Dê papel e caneta
E pode esperar

Dali sairá coisas do coração
Que ninguém pode explicar
Nasce até canção
Pra gente em notas viajar
Holanda Felix
Enviado por Holanda Felix em 08/10/2017
Código do texto: T6136269
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Holanda Felix
Campos Sales - Ceará - Brasil
2 textos (25 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 12:03)
Holanda Felix