Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARABÉNS STEPHEN HAWKING, UMA REFERÊNCIA DE VIDA!

PARABÉNS STEPHEN HAWKING, UMA REFERÊNCIA DE VIDA!
Em 02 de fevereiro de 1931, Albert Einstein foi convidado por Charles Chaplin a assistir a pré-estreia de seu filme “Luzes da Cidade”. O diálogo abaixo marcou esse encontro de dois gênios:-
"O que eu mais admiro na sua arte", disse Albert Einstein, "é a sua universalidade Você não diz uma palavra, e ainda assim... o mundo lhe entende.".
- "É verdade", responde Chaplin. "Mas a sua fama é ainda maior: o mundo admira você, mas ninguém entende o que fala.".

Acabo de assistir documentário sobre Stephen Hawking, o maior gênio atual da Física. O autor passou alguns dias com esse ser humano fantástico e presenciou diversos aspectos e atividades de sua vida. Nem sei se consigo transmitir ao papel tanto desapego aos sentimentos que consideramos normais ao nosso cotidiano. Diante de uma pessoa cuja ligação com o mundo se faz unicamente com limitados gestos e contrações faciais e, apesar disso, transmite uma energia, uma vontade de viver e cada vez mais compreender o universo, temos a percepção do quanto desperdiçamos nossas vidas com frivolidades, e jogamos fora o que Deus nos deu de mais precioso: o tempo.
Perguntado sobre amenidades, respondeu; “- Não falo sobre amenidades”. Amenidades para Stephen são aquelas perguntas tolas sobre sucesso, quantos livros seus foram vendidos, quanto ganha, etc.. Ou seja, as perguntas que nos interessam a respeito das celebridades que elegemos como tal.  Com um senso de humor inteligente e improvável para suas condições de saúde, portador de uma doença degenerativa, Stephen nos faz esquecer seus problemas. Leva uma vida cheia de compromissos: palestras, grava vídeos, assiste e comenta filmes (compareceu à cerimônia de entrega do Oscar na qual o ator que o representou no filme “A Teoria de Tudo”, recebeu a estatueta de melhor ator). Assessorado por uma equipe que cuida de sua saúde, estuda e pensa muito apesar dos seus 75 anos completados hoje, 8 de janeiro, e de seu renome, coisa que ele não dá importância ao contrário dessa canalhada que faz tudo por um instante de fama, e a mídia que nos empurra goela abaixo ídolos e valores ridículos.
Diante da grandeza de Hawking, as vaidades, orgulhos, ressentimentos, falsidades artísticas como música e filmes de sucesso efêmero que visam apenas faturar e uma infinidade de fatos da nossa vida atual que tomam nosso tempo, não chamam a atenção. Convivemos com um lixo artístico que piora de qualidade dia a dia, somos conduzidos por homens abjetos e desprezíveis, aprendemos a nos preocupar única e exclusivamente com os bens materiais e com ideologias que esquecem que somos indivíduos e não uma massa de idiotas a ser rotulada de direita ou de esquerda. Enfim, creio que devemos viver e deixar viver, sem julgamento e com aceitação das diferenças.
Paulo Miorim
08/01/2018
Paulo Miorim
Enviado por Paulo Miorim em 08/01/2018
Código do texto: T6220259
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Miorim
Santos - São Paulo - Brasil
121 textos (1935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/18 02:27)
Paulo Miorim